últimas

FALTA DE CLIENTES PODE GERAR DEMISSÕES EM MASSA

Lojistas começaram a reduzir o preço dos produtos para manter o nível das vendas ou pelo menos não zerar | Foto: Lucas Silva

Em Manaus os índices de vendas e até mesmo a falta de clientes caiu entorno de 80% segundo lojistas e camelôs.
A queda foi atribuída, a pandemia do novo Coronavírus o Covid-19 que em Manaus já somam 7 o número de contaminados.
De acordo com a Câmara Diregente de Lojistas de Manaus (CDL), a estimativa e que as vendas tiveram uma queda de 25% a 35% o que pode gerar ate 5 mil desligamentos de trabalhadores do setor.
A gerente da loja Única Sapataria, Marleni Mar, disse que o movimento no Centro caiu drasticamente desde o início da semana. 
“Nós recebíamos em torno de 100 clientes por dia, agora, quando aparecem 20 pessoas é muito. Ou seja, a movimentação aqui caiu em torno de 80%. Está parecendo um domingo, um dia parado”, observou.
A gerente também apontou que, mesmo que a situação piore, sua loja não irá fechar. “Como vou pagar os funcionários? Como essas pessoas irão comer? Não temos como viver sem trabalhar. Se houver somente um cliente comprando, vamos atendê-lo e buscar lidar com a situação”, afirma.

Demissões

O presidente da CDL-Manaus, Ralph Assayag, explicou que os cálculos indicam uma queda violenta nas vendas do comércio e avaliou que, se a situação continuar assim ou piorar, haverá muitas demissões no setor. “Esperamos que o número de pessoas infectadas não cresça, pois poderemos correr o risco de chegar em um fechamento absoluto. Com isso, as vendas irão cair mais ainda e poderemos chegar a um número alarmante de pessoas desempregadas”, observou.
Fonte: Em tempo

Nenhum comentário