últimas

ONU ALERTA QUE HAVERÁ 'MILHÕES DE MORTES' SE COVID-19 NÃO FOR CONTIDA


UME (Unidade Militar de Emergência) desinfetou aeroporto em Barcelona.



O secretário-geral da ONU (Organização das Nações Unidas), António Guterres, fez um alerta mundial para que o novo coronavírus seja contido.

O alto funcionário da organização disse, nesta quinta-feira (19), durante coletiva de imprensa virtual, que se o vírus não for combatido, especialmente nas regiões mais vulneráveis, "milhões de pessoas morrerão". 


Guterres ressaltou que diversas ações mundiais já mostraram que é possível, sim, diminuir a força de transmissão do coronavíris. "Foi demonstrado que o vírus pode ser contido. Ele deve ser contido", insistiu. 

O chefe das Nações Unidas incentivou que todos os governantes elaborem medidas em escala global, tanto para responder à atual emergência sanitário quanto à eminente crise econômica. 


Coronavírus no mundo

O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, responsável por causar a doença covid-19, ultrapassou a marca dos 200 mil casos em todo o mundo. O número de mortes superou a de 8 mil, na quarta-feira (18), de acordo com informações divulgadas pelo diretor-geral da OMS (Organização Mundial da Saúde), Tedros Adhanom Ghebreyersus, durante entrevista coletiva.

O total de pessoas contaminadas no mundo dobrou em menos de 10 dias. No dia 9 de março, a OMS já havia contabilizado 109,3 mil casos confirmados.

Cerca de 80% dos casos da pandemia estão concentrados na Europa e na região do Pacífico Ocidental, de acordo com Ghebreyersus.

"Muitos países estão enfrentando uma escalada da pandemia, sentem-se sobrecarregados, e sabemos das grandes dificuldades que estão passando e dos passos difíceis que estão tendo que dar", disse o chefe da organização.
Guia básico com informações sobre o novo coronavírus

Nenhum comentário