últimas

JORNALISTA E ESPOSA DE PROFESSOR MORREM NESTA SEGUNDA (20). PREFEITURA DE MANAUS EMITE NOTA DE PESAR

O jornalista Robson Franco e Arquimília Ferreira | Foto: Arquivo Pessoal


Nesta segunda-feira (20), o jornalista manauara Robson Franco, morreu em decorrência de uma dengue seguida de bactéria, conforme informações iniciais. O anúncio foi feito por familiares no perfil do jornalista em uma rede social. Também foi anunciada, a morte de Arquimília Ferreira, esposa do coordenador do curso de Jornalismo e coordenador acadêmico em exercício João Bosco Ferreira, que atua na Faculdade de Informação e Comunicação (FIC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) em decorrência do novo Coronavírus (Covid-19).

Anuncio da morte foi feito por meio de uma rede social do jornalista | Foto: Divulgação

Conforme postagens feitas em uma rede social, Robson perdeu 25 quilos nas últimas três semanas devido a enfermidade e vinha sentindo dificuldade respiratórias que combinadas com o quadro de diabete o deixou debilitado. A esposa do jornalista publicou em redes sociais que estava encaminhando Robson na manhã desta segunda-feira (20) ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul de Manaus. O anúncio da morte foi dado às 18h47.

Já Arquimília Ferreira faleceu na manhã desta segunda-feira (20), em decorrência do novo coronavírus. Em mensagens enviadas à amigos, o coordenador acadêmico João Bosco, confirmou o diagnóstico da companheira e informou que não está com nenhum sintoma da doença. Ele ficará em isolamento domiciliar.


"Perdi minha esposa para a Covid 19. Ela faleceu esta manhã. Não tenho nenhum sintoma da doença, graças a Deus, embora, provavelmente eu esteja contaminado", diz Bosco.

Arquimília e o esposo, o professor João Bosco Ferreira | Foto: Arquivo Pessoal
Em redes sociais, muitos amigos lamentaram a morte de Arquimília. “Muito triste com essa grande perda. Uma pessoa belíssima. Que os familiares recebam o conforto do Senhor”, declararam amigos e familiares nos comentários.

Veja abaixo nota da Prefeitura de Manaus:


NOTA DE PESAR – Robson Franco e Arquimília Ferreira




A Prefeitura de Manaus lamenta profundamente, em nome de todos os servidores da Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom), as mortes do colega de profissão Robson Franco e de Arquimília Ferreira, esposa do professor de Comunicação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), João Bosco Ferreira, ambas ocorridas nesta segunda-feira, 20/4.

“É com profundo pesar que recebemos essa triste notícia. Sou um grande admirador do trabalho de quem atua na área da comunicação, seja na imprensa, se dedicando a transmitir informações tão necessárias nesse momento em que vivemos, seja na educação, formando cidadãos e profissionais. Eu e minha esposa Elisabeth Valeiko Ribeiro nos solidarizamos com a dor dos familiares e amigos”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Robson era diabético e enfrentava complicações por conta de uma bactéria estomacal. Ele passou pelos principais veículos locais e foi um dos primeiros a acompanhar as mudanças na comunicação digital. Arquimília era esposa do coordenador do curso de Jornalismo e coordenador Acadêmico da Faculdade de Informação e Comunicação (FIC), João Bosco Ferreira, e morreu em decorrência do novo coronavírus, causador da Covid-19.

“Em nome de todos comunicadores da Prefeitura de Manaus reitero os sentimentos de fé e solidariedade a todos que conheciam e conviveram com o Robson e a senhora Arquimília. Os nossos mais sinceros pêsames”, finalizou a secretária da Semcom, Kellen Lopes.






Texto: Em Tempo

Nenhum comentário