últimas

COM MARCA NO PESCOÇO MULHER DIZ PARA O MARIDO QUE FOI ATACADA POR GAFANHOTO



Uma jovem que ficou desaparecida por três dias voltou para casa na manhã de terça-feira (21). A jovem foi identificada como Mayra, de 23 anos.

Segundo o programa Alerta Nacional, da RedeTV!, apresentado por Sikêra Júnior, a jovem saiu de sua residência na noite de domingo (19), relatando para o esposo que ia fazer uma caminhada para manter a forma e desde então não deu mais notícias do seu paradeiro.

Porém, a mulher chegou em casa com marcas no pescoço. Ao ser questionada pelo esposo sobre as marcas em seu pescoço, ela disse que foi atacada por um bando de gafanhoto.

De acordo com Mayra, essa espécie de gafanhoto só ataca mulheres e, após o ataque, ela foi para a casa de uma amiga e desde então não se lembra mais o que aconteceu. Porém, quando ela se sentiu melhor, resolveu voltar para casa.

No entanto, parentes da jovem deram outra versão sobre o caso. Eles relataram que um dia após o desaparecimento da jovem receberam ligações de um homem que não quis se identificar, relatando que viu a mulher entrando em um motel na garupa de uma moto.

Porém, ao chegar em casa a mulher afirmou para o esposo que foi atacada por um bando de gafanhotos. Após o ataque e com muito medo, ela se escondeu na casa de uma amiga.

Para o delegado que investiga o caso, o depoimento da jovem não foi tão claro e ela pode estar mentindo. “Estes gafanhotos gostam muito de cerveja, pois o cheiro está impregnado nas roupas dela”. O caso inusitado foi registrado na cidade de Cachoeirinha, em Pernambuco.

Nenhum comentário