últimas

MANAUS VOLTA A TER 24H SEM ÓBITOS CONFIRMADOS POR COVID-19

Foto: Divulgação/Secom



A edição mais recente do boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), divulgada neste sábado (04), aponta que Manaus voltou a não registrar confirmação de óbito por Covid-19 em 24 horas, até às 10h de hoje. A mesma situação ocorreu pela primeira vez no dia 24 de junho. O índice de letalidade no Amazonas também permanece em queda, tendo saído de 8,9%, no dia 19 de abril, para 3,84% na data de hoje.

Para o governador Wilson Lima, a queda nos números indica que o Amazonas está no caminho certo. “Ainda não vencemos a Covid, mas estamos no caminho certo. Cada um precisa fazer sua parte. Precisamos continuar com os cuidados, usar máscara, respeitar os distanciamentos, usar álcool. Quanto mais vigilantes formos, menores serão os números”, afirmou o governador.

Os boletins divulgados pelo Governo do Estado são consolidados diariamente às 10h e levam em conta dados inseridos em sistemas como o e-SUS Notifica e o Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM).

Letalidade

A estratégia do Governo do Estado para o enfrentamento da pandemia vem se refletindo na queda progressiva da letalidade do novo coronavírus no Amazonas, que passou de 8,9%, no dia 19 de abril, para 3,84% na data de hoje – uma diminuição de mais de 5% em dois meses e meio.

Entre as medidas implementadas pelo Governo está a ampliação da rede de assistência na capital, com aumento de cerca de 100% na oferta de leitos para Covid-19 em Manaus, entre leitos clínicos e de UTI.

No interior, as ações de regionalização da saúde também foram intensificadas, com envio de insumos e respiradores aos municípios de referência para montagem de Unidades de Cuidados Intermediários (UCIs), além do reforço nas remoções para a capital por meio de UTI aérea.

Até o final da próxima semana, 100% dos municípios polos e subpolos das regionais de saúde vão estar com respiradores instalados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), beneficiando 860 mil pessoas de 16 municípios.

Nenhum comentário