últimas

MULHER MATA POR VINGANÇA E AINDA ROUBA AUXÍLIO EMERGENCIAL DE VÍTIMA



Policiais militares do 12º Batalhão da PM, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), prenderam, na quarta-feira (16), uma mulher suspeita de envolvimento em um crime brutal ocorrido naquela cidade na madrugada da última quarta-feira (16).

O corpo de outra mulher foi localizado em um rio que corta a Avenida da Integração, no bairro Conjunto Metropolitano (Picuí). Estava despido e boiava quando foi localizado por populares.

A Polícia Militar foi acionada por populares e pediu o apoio do Corpo de Bombeiros Militar para resgatar o cadáver. A Perícia Forense comprovou que a vítima foi morta com, ao menos, 21 golpes de faca, a maioria nas costas e no pescoço. Horas depois, a vítima foi identificada como Maria Denisiane Correia de Azevedo, 37 anos.

Ao ser detida nesta quinta-feira, e conduzida pela PM até a Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), Francisca Rosimar do Nascimento Santos, a “Rosa”, 39, anos confessou o crime e disse que agiu por vingança. No pescoço dela existe uma grande cicatriz, resultado de um golpe de faca que sofreu.

Ela diz que sobreviveu a uma tentativa de homicídio praticada por Denisiane. As duas eram amigas e, juntas, consumiam drogas. Mas, após um desentendimento, se tornaram inimigas e passaram a trocar ameaças.

Vingança


“Rosa” ainda confessou ter praticado o crime com a ajuda de um homem, que já foi identificado e permanece foragido, mas sendo procurado pela Polícia. Ele segurou a vítima, enquanto “Rosa” a esfaqueava.

“Ela quase me matou. Agora, eu me vinguei”, disse Rosa ao confessar o crime. Vizinhos viram a assassina chegar em casa com as roupas sujas de sangue.

A Polícia descobriu que, além de matar a inimiga, “Rosa” roubou o dinheiro que Denisiane havia sacado horas antes em uma agência bancária, como auxílio de emergência da pandemia. Por conta disso, a acusada deverá responder pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte), muito embora, o motivo principal do assassinato tenha sido a rixa pessoal entre as duas mulheres.

Nenhum comentário