últimas

"PROFESSORES SÃO, PRATICAMENTE, OS NOSSOS SEGUNDOS PAIS", DIZ BOLSONARO


Assim como Ribeiro, Bolsonaro destacou que será importante estreitar a relação entre o MEC e os professores do país. O presidente disse que os educadores precisam ser mais valorizados e comentou que “os professores são, praticamente, os nossos segundos pais e aqueles a quem devemos respeito e conhecimento por aquilo que nos ensinam”.

“Nós temos que resgatar isso daí. No meu tempo de estudante, o professor não só tinha como exercia sua autoridade na sala de aula. Não é fácil a vida de professor nos dias atuais. (Outros governos) tentaram consertar, mas na verdade, se equivocaram. Existe, hoje em dia, uma gama enorme de excelentes e excepcionais professores, de todos os níveis, no Brasil. Com toda a certeza, a chegada de um ministro voltado para o diálogo, usando a sua experiência e querendo o melhor para as crianças, esse entendimento se fará presente”, destacou Bolsonaro.

O presidente alertou Ribeiro de que a Educação “é um ministério grande, complexo, com autonomias e setores, dependendo, muitas vezes, de conselhos para tomar decisões”. Também lembrou que “não é fácil a vida do ministro” e que depende dele “grande parte do futuro da nossa nação”. “Já disse ao Paulo Guedes (ministro da Economia) que o que liberta um país, o que liberta um homem, não são programas sociais. São conhecimentos. E esse conhecimento vem, em grande parte, do Ministério da Educação”, afirmou o presidente.

“Sabemos da sua dificuldade. Sei que você está fazendo agora uma transição, mas tenho certeza que a transição será tranquila. Você terá como, pontualmente, colocar gente ao teu lado com o mesmo espírito teu. Se bem que, pode ter certeza, grande parte do ministério pensa como você. E eles, agora, na tua pessoa, terão como fazer valer o seu potencial para que venhamos, então, a dar o melhor do seu ministério para o Brasil. Fato esse que nos libertará”, acrescentou Bolsonaro.

O presidente finalizou o discurso agradecendo a Ribeiro por ter aceitado o convite e afirmou que ele será um bom ministro. “Das poucas vezes que conversamos, você demonstrava que estava preocupado em assumir essa função, que os desafios são enormes. E você disse que estava deixando algumas rotinas e comodidades para enfrentar um grande desafio, longe do seu habitat. Tenho certeza que com teu espírito de infante, já que foste R2 do nosso Exército Brasileiro, saberá muito bem conduzir essa tão importante pasta para o futuro do nosso Brasil.”

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário