últimas

PROGRESSISTA DESTACA CHAPA COMPLETA PARA CMM E FOCA NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE E HABITAÇÃO


Quarto colocado no ranking dos partidos com maiores fatias de recursos do Fundo Partidário, ocupando o terceiro lugar em tempo de rádio e TV, o Progressistas, de acordo com o presidente do Diretório Municipal de Manaus, médico urologista George Lins, está pronto para enfrentar os desafios de uma eleição atípica como a deste ano, programada para os dias 15 e 29 de novembro, devido a pandemia do novo coronavírus.
Segundo George, os progressistas, seguindo orientação do presidente do partido no Estado do Amazonas, deputado federal Átila Lins, concorrerão às eleições na capital com chapa cheia para disputar cadeiras na Câmara Municipal de Manaus. Quanto a questão majoritária, visando a conquista da Prefeitura da capital, George diz que o PP considera a possibilidade de uma candidatura própria para prefeito, mas não descarta a viabilidade de indicar um nome de seus quadros para o cargo de vice-prefeito em parceria com outra legenda, desde que haja afinidade de princípios e compromissos com relação a Manaus. “Aventamos a probabilidade de uma candidatura própria, mas não descartamos compartilhamento com outra agremiação partidária com um nome de nossos quadros para vice-prefeito. Porém, tudo dependerá da convergência de ideias e compromissos envolvendo nossa Manaus”, ressalta.
Na visão de George Lins, a pandemia obrigará candidatos e partidos políticos a empreenderem debates e discutirem ideias e propostas com foco em eixos importantes sobre os problemas gerais da cidade, tais quais  educação, transporte coletivo, habitação e mobilidade urbana, mas,  também, priorizando sugestões criativas e realistas direcionadas a novas políticas de saúde por causa da crise desencadeada pela Covid-19.

‘Gargalo’ habitacional

“A pandemia desnudou o nosso sistema de saúde, nos desafiando agora a produzir soluções para a crise sanitária”, afirma o médico chefe do Setor de Urologia da Fundação Cecon, chamando a atenção para a histórica deficiência da rede de esgotos da capital.
Outro grande ‘gargalo’ da cidade que constará da pauta dos Progressistas nas eleições de 2020 será a habitação. De acordo com George, o último levantamento realizado pelo Ministério das Cidades demonstrou um elevado deficit habitacional na Capital, revelando que parcela considerável da populacao de baixa renda vive em invasões ou de aluguel nas periferias, requerendo especial atençao à questão.
Segundo George Lins, os Progressistas, em obediência às diretrizes de Átila Lins, usarão intensamente as suas ferramentas nas redes sociais e aproveitarão ao máximo o seu tempo no palanque eleitoral eletrônico para disseminar ideias e propostas acerca da nova realidade da cidade a partir da pandemia. “A questão sanitária, nestas eleições, terá que ser pauta necessária, parte integrante do que nós entendemos ser direitos básicos constitucionais, mas isso juntamente com a saúde, o problema habitacional, educação, emprego e renda”, diz George.

Nenhum comentário