últimas

ARQUEÓLOGOS ENCONTRAM ESQUELETO INFANTIL DE 2,7 MIL ANOS COM BRACELETE NOS PULSOS



Um esqueleto infantil com mais de 2,7 mil anos foi descoberto por arqueólogos em uma antiga necrópole localizada na cidade de Van, ao leste da Turquia. De acordo com o site Aventuras na História, vinculado ao portal UOL, os pesquisadores acreditam que os restos mortais é de uma criança de aproximadamente três anos de idade.

Um fato curioso, porém, chamou atenção durante a escavação: o esqueleto usava um bracelete em cada braço. Os objetos foram esculpidos em formatos de cabeças de dragão esse tipo de adereço nunca havia sido descoberto antes.

Esqueleto infantil com 2,7 mil anos
Junto com o esqueleto foi encontrado o bracelete, esculpido em forma de dragão

Conforme a publicação, as pulseiras estão sendo relacionadas com a aristocracia urartu, que teria existido há cerca de 2.750 anos. O esqueleto foi encontrado no castelo de Cavustepe, em 2019, mas somente agora veio a público.

Os ossos remontam ao reinado de Sarduri II, que construiu o castelo em questão. Vale ressaltar que, em descobertas anteriores, arqueólogos já haviam encontrado adereços peculiares com figuras mitológicas.


Nenhum comentário