últimas

‘OBRA REVOLUCIONÁRIA’, DIZ ARTHUR, AO INAUGURAR CENTRO DE INTELIGÊNCIA


“Isso aqui é uma fábrica de soluções”. Com essa frase, o prefeito Arthur Virgílio Neto definiu o Centro de Cooperação da Cidade (CCC) José Pereira Filho, inaugurado nesta quinta-feira (20). O local funcionará como uma grande sala de monitoramento e gerenciamento de crise e, com a obra física concluída, começará a receber os modernos sistemas e equipamentos tecnológicos para entrar em operação em outubro deste ano. “Estamos no caminho de transformar Manaus numa cidade inteligente. Para quem não acreditava, está aqui o marco do programa”, afirmou o prefeito.

Localizado no cruzamento das avenidas Efigênio Sales e Umberto Calderaro Filho, no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, o CCC irá integrar o trabalho de diversas secretarias municipais, dando maior celeridade às demandas da capital. O projeto de construção do CCC foi desenvolvido pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e o planejamento tecnológico é coordenado pela Secretaria Municipal de Finanças e Tecnologia da Informação (Semef).

“O CCC vai ajudar no transporte, saúde e segurança pública. Aqui o futuro prefeito, muito mais do que eu, que encerro meu segundo mandato, terá uma sala de situação, para que administre as crises da cidade, para saber o que faz, antecipar soluções, saídas, decisões. A população sentirá a importância dessa obra ao longo dos tempos. É uma obra revolucionária”, destacou o prefeito.

De acordo com a secretária da Semef, Marisa Gentil, o CCC José Pereira Filho já chamou a atenção de outras capitais do Brasil e do governo federal. “Temos todos os requisitos para sermos uma cidade inteligente. João Pessoa (PB) está pedindo o nosso projeto para analisar. O Ministério de Desenvolvimento Regional quer fazer um convênio de cooperação, para divulgar o projeto entre as cidades do Brasil todo. Estamos em um momento histórico”, comemorou.

Para o diretor-presidente do Implurb, Cláudio Guenka, a obra é inovadora e vai ser bastante útil para a população de Manaus. “Esse momento é histórico. O CCC é muito representativo, no sentido de cooperação entre as secretarias municipais, que envolvem toda a parte de segurança, seja ela no trânsito, no Samu, Defesa Civil, seja na questão de abastecimento de água e iluminação pública da cidade e também toda a tecnologia da cidade. É uma integração funcional que o prefeito Arthur Virgílio Neto sempre prezou e é com satisfação que finalizamos a obra física, faltando agora a parte de sistemas, para que seja entregue à população”, ressaltou.



O Centro de Cooperação da Cidade será vinculado à Casa Civil e atuará na ocorrência de crises de urgência e emergência, mobilizando equipes e recursos necessários, divulgando, inclusive, informações aos veículos de comunicação. Além disso, reuniões estratégicas também serão feitas para proposição de planos de gestão e operação, geração de dados, além de gerenciamento de riscos e mudanças de planejamento.

Inteligência

O sistema que integrará as informações do poder público municipal é chamado de software de inteligência e vai unir dados de secretarias, partindo do conceito de atendimento que, hoje, elas já fazem, porém de forma separada. O monitoramento da cidade vai ser feito por meio de câmeras espalhadas em todas as zonas. A entrega completa do Centro de Cooperação da Cidade está prevista para outubro, já com todos os sistemas em operação.

Homenagem

O Centro de Cooperação da Cidade foi batizado de José Pereira Filho, uma homenagem ao avô da primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro. “Estamos homenageando um homem apaixonado pelo Amazonas e que morreu de diabetes. Era um estudioso da nossa região, construía mundos e faço aqui uma justa homenagem”, destacou o prefeito Arthur Virgílio Neto.

Presidente da Comissão Especial de Paisagismo e Urbanismo da Prefeitura de Manaus, a primeira-dama ressaltou a acessibilidade do prédio que abriga o CCC. “Em todas as obras do município existe a preocupação com o paisagismo e acessibilidade. Aqui não foi diferente e tivemos um trabalho muito grande de planejamento nesse local. Esse espaço será muito útil para a cidade”, finalizou Elisabeth Valeiko.



*Com informações da assessoria

Nenhum comentário