últimas

FLAMENGO TRAÇA PLANO PARA FICAR COM PEDRO, THIAGO MAIA E PEDRO ROCHA; ENTENDA

FOTO: ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO

O Flamengo já traça estratégia para ficar com Pedro, Pedro Rocha e Thiago Maia, trio de jogadores emprestados que tem contrato até o final de 2020 ou meio de 2021. De acordo com Mauro Cezar Pereira, da ESPN, o Rubro-Negro busca viabilizar a permanência dos três para a próxima temporada.

Pedro

Primeiramente, Pedro, que atravessa grande fase com o Manto Sagrado, tem vínculo até dezembro deste ano, e o valor que a Fiorentina estipulou para venda (previsto no contrato) do centroavante ao Mais Querido é de 12 milhões de euros (aproximadamente R$ 78,5 milhões na cotação atual), com os termos de salário do jogador já definidos em caso de permanência.

Com acordo para parcelar essa quantia, caso o negócio se concretize, o Flamengo definiu que, para ganhar tempo antes de iniciar o processo de compra, tentará prorrogar o empréstimo com os italianos, até o meio de 2021. Pois desse modo, Pedro concluiria a temporada completa, terminando o Campeonato Brasileiro e a Libertadores.

Pedro Rocha

Bem como o camisa 21, o cenário de Pedro Rocha é parecido. Emprestado pelo Spartak Moscou, da Rússia, o Fla tem interesse na permanência em definitivo do atleta. No entanto, antes de efetuar a compra, buscará, junto aos russos, estender o empréstimo, que também se encerra em dezembro de 2020. Até aqui, o atacante não teve muitas oportunidades com a camisa rubro-negra.

Thiago Maia

Diferentemente dos dois primeiros, o caso de Thiago Maia é menos urgente. Isso porque, o meio-campista, emprestado pelo Lille, da França, tem contrato até a metade de 2021 com o Rubro-Negro. Em síntese, para adquirir 50% dos direitos do jogador, o Flamengo teria de arcar com um montante entre 6 e 6,5 milhões de euros (cerca de R$ 41 milhões na cotação atual).

Pandemia

A pandemia do novo coronavírus atingiu as contas de todos os clubes do futebol brasileiro, e o Flamengo, mesmo com boa saúde financeira, não ficou fora disso. Tal fator é o maior receio do Rubro-Negro para viabilizar a permanência dos três atletas. Contudo, a cúpula do Mais Querido tem como trunfo o parcelamento dos pagamentos para mantê-los no elenco.


*Coluna do Fla

Nenhum comentário