últimas

CETAM E FAS INICIAM CURSO PARA AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE

Foto: Marcelo Gusmão/Cetam

As direções do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e da Fundação Amazonas Sustentável (FAS) compareceram à aula inaugural do curso de qualificação profissional “Organização, processo de trabalho e planejamento em saúde”. O evento ocorreu nesta segunda-feira (16/11), na comunidade do Tumbira, que fica no município de Iranduba, à margem direita do rio Negro, distante 64 quilômetros de Manaus.

Os cursos serão oferecidos a agentes comunitários de saúde pelo Governo do Amazonas, por meio de parceria entre o Cetam e a FAS. São 120 horas de aula. O curso também acontecerá em comunidades de Itapiranga, Carauari e Tefé. No total, serão beneficiados 108 alunos.

De acordo com o diretor-presidente do Cetam, Prof. Dr. José Augusto de Melo Neto, o foco dos cursos com a FAS é a geração de emprego e renda, com o compromisso de desenvolvimento das comunidades e, consequentemente, dos municípios amazonenses. “Estamos atendendo uma determinação do governador Wilson Lima. Para isso, serão capacitados agentes que já atuam em comunidades ribeirinhas”, explica.

O Cetam foi representado pela diretora acadêmica Rita Mara Miranda e pelo enfermeiro Francisco Queiroz Menezes, coordenador de cursos da Escola de Formação Profissional Enfermeira Sanitarista Francisca Saavedra. Pela FAS estiveram presentes o superintendente-geral, Virgílio Viana; a superintendente de Desenvolvimento Sustentável de Comunidades, Valcleia Solidade; e o coordenador do Programa de Saúde na Floresta, Luiz Castro.

“Este curso foi preparado com a visão de que precisamos melhorar a capacidade técnica dos agentes de saúde. Via de regra, eles tiveram pouca oportunidade de formação. Têm muito conhecimento prático, mas faltava muito a metodologia a ser utilizada nas visitas, as abordagens, a organização do tempo durante o dia, planejamento das ações e conhecimentos técnicos a serem incorporados”, ressaltou Luiz Castro.

De acordo com o coordenador, a FAS tem uma parceria com o Cetam em outras áreas, principalmente na educação e geração de emprego e renda. “Então, não foi difícil termos também essa parceria na área de saúde porque o Cetam tem em sua estrutura uma equipe voltada à educação em saúde, com enfermeiros e técnicos que compreendem bem essa realidade e possuem uma boa leitura da atenção primária”.

Nenhum comentário