Aconteceu!

DAVID ASSINA COMPROMISSO DA UNICEF PARA AS CRIANÇAS E ADOLESCENTES


 

Reafirmando o compromisso com a infância e a adolescência, o candidato a prefeito de Manaus David Almeida (Avante) assinou nesta sexta-feira (27) o termo de compromisso do Fundo das Nações Unidas pela Infância (Unicef). 

Caso eleito, David afirmou que pretende dar “prioridade absoluta aos direitos e ao bem-estar das crianças e dos adolescentes” em seu programa de governo.

Ao assinar o documento, o candidato se comprometeu a dar respostas políticas e programáticas aos desafios apresentados pelo Unicef no documento “Mais que Promessas”, entregue ao candidato a vice-prefeito de Manaus  Marcos Rotta (Democratas) pela chefe do escritório da instituição em Manaus, Debora Nandja Madeira.

O documento pede pelo menos seis grandes compromissos do próximo gestor municipal voltados para as crianças e adolescentes moradores do município nas áreas de água, saneamento e higiene. 

Além disse, a Unicef pede ainda que o setor tenha como investimento central a prevenção de doenças e a redução de desigualdades.

Na área de educação, em meio aos riscos da pandemia, o documento do Unicef solicita que o próximo prefeito reabra as escolas com segurança e invista na aprendizagem. “Porque fora da escola não pode”, diz o termo de compromisso.

Investimentos para o desenvolvimento infantil; a criação de um pacto pela proteção de crianças e adolescentes contra a violência; a oferta de oportunidades reais por um mundo melhor; e torná-los prioridades no orçamento municipal e nas políticas públicas sociais também são citados como compromisso no documento. 

O documento do Unicef avalia que, o ano de 2020, que foi marcado negativamente pela pandemia do novo coronavírus, embora a doença não tenha afetado em maior volume as crianças e adolescentes, “elas e eles são as vítimas ocultas da Covid, sofrendo de forma mais intensa as consequências da pandemia no médio e longo prazo”.

Entre os programas voltados para o bem-estar das crianças e adolescentes e as suas famílias, David destacou a rede de proteção social, que inclui o Prato do Povo, o Prato da Criança e o Auxílio Manauara.

Proteção social

Segundo Almeida, o  conjunto de programas vai ajudar as famílias no enfrentamento à crise criada pela pandemia, com o auxílio de R$ 200 mensais para mais de 40 mil famílias já cadastradas pela Prefeitura de Manaus; refeição a baixo custo em pontos estratégicos da cidade; além de café da manhã e almoço para mais de 240 mil alunos da rede pública municipal.

“As crianças e adolescente devem ser tratadas como prioridade por qualquer gestor público municipal, em todas as áreas. Eu e o Marcos Rotta vamos dar atenção especial às crianças na atenção básica da saúde, na escola, com a garantia do café da manhã e do almoço, além da criação de 7 mil novas vagas de creche e pré-escola”, disse David.

*Com informações da assessoria 

Nenhum comentário