Aconteceu!

PASSAGEIRO MORRE AO CAIR DE ÔNIBUS EM MOVIMENTO E BATER CABEÇA NO MEIO-FIO

 

NATHÁLIA CARDIM/METRÓPOLES

Na manhã desta terça-feira (24/11), um passageiro morreu ao cair de um ônibus em movimento no Riacho Fundo 2. Segundo informações preliminares fornecidas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), a vítima estaria próximo à porta do veículo, quando, durante uma curva, foi arremessada para fora, atingindo de cabeça o meio-fio da via. O passageiro foi identificado como Higson da Silva, 60 anos.

Ainda de acordo com o CBMDF, uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou rapidamente ao local, na Quadra 6, mas teria encontrado o homem já sem vida. A vítima era um passageiro da empresa Urbi, que, por meio de nota, disse “lamentar o acidente”.

“A Urbi lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza com a família da vítima e ressalta que um processo administrativo foi instaurado para apurar as causas e circunstâncias do acidente. A Urbi realiza constantemente manutenção preventiva em todos os veículos e está à disposição para maiores esclarecimentos”, disse a empresa.

Segundo testemunhas, o homem é conhecido na região por Maranhão — ele nasceu em Balsas (MA). Ele trabalhava como caseiro em uma chácara na QS 6 do Riacho Fundo 2, em frente ao local onde ocorreu o acidente.

De acordo com a vizinhança, ele morava na chácara sozinho. Ela não soube informar se há familiares dele no DF. “Um cara simples. Já teve um bar na chácara, com uma mesa de sinuca. Eu o conhecia havia cerca de oito anos. Era difícil sair da localidade. Andava mais de bicicleta. Não costumava pegar ônibus”, contou um vizinho.


Leia a nota da Urbi na íntegra:

A Urbi lamenta informar o acidente envolvendo o ônibus da Urbi e um passageiro, que ocorreu na manhã desta terça-feira, 24 de novembro, próximo ao Terminal do Caub, no Riacho Fundo II.

A equipe de sinistro foi acionada e enviada ao local, a fim de prestar apoio e iniciar a apuração das causas do acidente. A equipe aguarda a perícia no local, mas até o momento o que se sabe é que a vítima viajava sob os degraus da porta e que, no momento da curva, as portas abriram ocasionando a queda do passageiro. O socorro foi acionado e, infelizmente, a vítima veio a óbito no local.

A Urbi lamenta profundamente o ocorrido, se solidariza com a família da vítima e ressalta que um processo administrativo foi instaurado para apurar as causas e circunstâncias do acidente. A Urbi realiza constantemente manutenção preventiva em todos os veículos e está à disposição para maiores esclarecimentos.



Metrópoles*



Nenhum comentário