Aconteceu!

POLÍCIA FEDERAL PRENDE EM PORTUGAL HACKER SUSPEITO DE INVADIR SISTEMAS DO TSE

 

© Reprodução/Twitter Mensagem publicada pelo CyberTeam, grupo de hackers, sobre a invasão aos sistemas digitais do TSE (Tribunal Superior Eleitoral)


A Polícia Federal prendeu neste sábado (28.nov.2020), em Portugal, 1 hacker suspeito de invadir sistemas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A informação foi divulgada pela CNN Brasil.

A prisão foi feita em ação conjunta entre a PF e forças policiais portuguesas. A operação, que também cumpre mandados de busca e apreensão nos Estados de São Paulo e Minas Gerais, foi autorizada pela 1ª Zona Eleitoral do Distrito Federal.

O ataque hacker foi cometido em 15 de outubro, data do 1º turno das eleições municipais. A ação expôs informações administrativas de ex-servidores e ex-ministros do TSE.

Publicidade

Na ocasião, 1 grupo que se intitula como CyberTeam expôs na internet uma série de informações internas do Tribunal. De acordo com os hackers, a divulgação não tinha mensagem política.

Logo em seguida, ainda durante a votação, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, disse ter informações de que o ataque foi feito a partir de 1 país estrangeiro.

“[O ataque] Partiu, muito provavelmente, quase certo, de outro país. Às vezes você recebe ataque de outro país e alguém daqui reivindica para levar o crédito”.

Em 16 de outubro, a Polícia Federal abriu inquérito para apurar o caso.

Fonte: Msn

Nenhum comentário