Aconteceu!

BELARMINO LINS OFICIALIZA PROPOSTA PARA ALEAM INVESTIR R$ 4 MI NA COMPRA DE CILINDROS DE OXIGÊNIO


O deputado Belarmino Lins (PP) oficializou proposta, na manhã desta terça-feira (19), para que a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM) destine R$ 4 milhões do seu orçamento para a aquisição emergencial de cilindros de oxigênio a fim de ajudar no combate à Covid-19 em todo o Amazonas.

“Lancei a proposta no grupo de Whatsapp dos deputados estaduais, no último final de semana, obtendo grande aceitação, somando as adesões de doze deputados, dentre os quais Josué Neto (Patriota), Therezinha Ruiz (PSDB), Roberto Cidade (PV), João Luiz (Republicanos), Alessandra Campêlo (MDB), Joana Darc (PL) e Carlos Bessa (PV). Todos os parlamentares assentiram com a aplicação de R$ 4 milhões na compra de cilindros de oxigênio e de outros itens necessários ao funcionamento das unidades públicas de saúde na capital e no interior”, enfatizou o líder progressista na propositura.

De acordo com Belarmino, a Aleam dispõe de R$ de 40 milhões em conta bancária e, certamente, o desembolso da quantia de R$ 4 milhões não comprometerá os compromissos normais do Poder. “A sociedade sabe que o valor de R$ 40 milhões foi anunciado pelo nosso presidente, deputado Josué Neto (Patriota), em discurso proferido no encerramento das atividades legislativas em dezembro de 2020”, explicou. 

Belarmino propõe que a Associação dos Deputados e Ex-Deputados Estaduais do Amazonas, presidida pelo ex-deputado Fausto Souza, realize a distribuição dos cilindros em evento que, obrigatoriamente, deverão ter as presenças de representantes das unidades de saúde beneficiadas e de órgãos de controle como TCE e MP-AM.

“Não podemos fugir a uma contribuição dessa ordem neste momento angustiante da pandemia do coronavírus em nosso Estado, a Aleam deve ajudar com cilindros, mas também com insumos, EPIs, cestas básicas, etc, a todos aqueles que precisam da mão estendida do Poder Legislativo Estadual na luta contra a pandemia”, finalizou o deputado.

Nenhum comentário