Aconteceu!

IDOSO MORRE AO SER ATACADO POR ABELHAS

Foto: Agência Brasil

Armando Cesar, de 68 anos, morreu na última quinta-feira (18), nas proximidades da cidade de Itatinga, no interior de São Paulo, após ser picado por abelhas. O argentino foi encontrado caído no acostamento da Rodovia Presidente Castelo Branco (SP-280), quando os socorristas foram chamados para atender a ocorrência.

A vítima foi picada por abelhas do tipo Apis Mellifera, conhecida como abelha-europeia, e tinha diversas marcas quando foi encontrado. Ele já estava em choque hipovolêmico, quando a vítima perde grande quantidade de sangue e o coração não é capaz de bombear sangue e oxigênio ao corpo.

Em uma conversa com o UOL, o investigador Luciano Piazza, responsável pelo registro do Boletim de Ocorrência, explicou que os policiais identificaram a vítima porque ela estava com documento. “Ele estava com uma espécie de passaporte, um documento estrangeiro, que indicava nome e todos os dados”, contou.

Luciano também disse que não sabe onde Armando vivia. “Aqui em Itatinga ele não era conhecido, mas descobrimos que ele era mesmo um andarilho e estava com uma bicicleta velha e muitos itens com ele”, relatou.

Perguntado se haveria algum dado sobre o homem, o investigador contou apenas que ele já foi casado. “O que se sabe até aqui é que parece que ele morou na Argentina e lá trabalhou até em uma agência de turismo, foi casado e tem filhos”, afirmou.

A Polícia Civil confirmou que o corpo de Cesar foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame necroscópico e o B.O foi registrado como morte suspeita. “Entramos em contato com o Consulado [da Argentina para a retirada do corpo], mas até agora não houve resposta”, disse ele.

“Ele vai ficar no necrotério por 72 horas para ver se alguém reclama o corpo, até tentamos encontrar a família, mas se não houver manifestação a vítima será enterrada no cemitério de Botucatu”, informou Piazza.



IstoÉ*


Nenhum comentário