Aconteceu!

MENGÃO FAZ DOIS A ZERO NO VASCO E ENCOSTA DEFINITIVAMENTE NA CONQUISTA DO BI-CAMPEONATO


O Flamengo impôs sua superioridade técnica, venceu o Vasco hoje no Maracanã por 2 a 0 - gols de Gabigol e Bruno Henrique e grudou no líder Internacional. De quebra, deixou o rival novamente em situação perigosa na tabela do Campeonato Brasileiro.

Com o empate do Colorado com o Athletico-PR em 0 a 0, a diferença para o Rubro-Negro carioca passou para apenas dois pontos. Já o Cruzmaltino não tem chance de entrar no zona de rebaixamento ao fim dessa rodada, mas pode ficar a apenas um ponto dela caso o Sport vença amanhã (5) o Botafogo no Nilton Santos (RJ). 

Com o resultado de hoje, o Flamengo aumentou para 17 partidas a invencibilidade para o Vasco no confronto direto. Na próxima rodada, o Rubro-Negro visita o Red Bull Bragantino neste domingo (7) e o Cruzmaltino enfrenta o Fortaleza na capital cearense somente na quarta-feira (10).

O Flamengo teve uma ampla superioridade no primeiro tempo, num jogo praticamente entre ataque e defesa, amassando o Vasco em seu campo de defesa. O placar de 1 a 0 acabou ficando barato. No segundo tempo, porém, Vanderlei Luxemburgo fez três alterações já no intervalo, e o time mudou de postura. 

O Cruzmaltino aumentou a posse de bola, mas faltou qualidade para concluir as jogadas em gol. Gerson volta a se destacar no Flamengo O meia Gerson voltou a ser o grande nome do time do Flamengo. Com visão ampla do jogo, o camisa 8 liderou a transição da defesa para o ataque e foi o condutor rubro-negro no jogo. Com espaços e diante de um rival que marcou bem atrás em boa parte do jogo.

O meia Gerson voltou a ser o grande nome do time do Flamengo. Com visão ampla do jogo, o camisa 8 liderou a transição da defesa para o ataque e foi o condutor rubro-negro no jogo. Com espaços e diante de um rival que marcou bem atrás em boa parte do jogo, ele pisou bastante na área do rival e arriscou um belo chute que só não entrou graças a Fernando Miguel. 

Na véspera do jogo, o meio-campista, com dores no pé, ainda era dúvida. Léo Matos muito afobado Mais uma vez demonstrou certo descontrole em campo. Recebeu um cartão amarelo por colocar a mão no rosto de Bruno Henrique em um lance bobo. Algo que ele já havia feito em outros jogos. 

Em seguida, cometeu o pênalti que Gabigol converteu. Gabigol perde boa chance Logo aos 12 minutos do primeiro tempo, o Flamengo pegou a defesa do Vasco desarrumada e Gabigol saiu de frente para Fernando Miguel, mas chutou fraco e facilitou a defesa do goleiro do Vasco. 

Aos 43 do primeiro tempo, Arrascaeta escorou uma bola de cabeça e Bruno Henrique vinha de frente, quando foi deslocado por Léo Matos. O árbitro Raphael Klaus foi pra revisão no VAR e assinalou pênalti. Na saída para o intervalo, Léo Matos deu sua versão sobre o lance ao Premiere. "Eu tenho que avaliar melhor esse lance depois do jogo. Eu não tenho certeza absoluta. 


Nenhum comentário