Aconteceu!

AEROPORTOS DO AM VÃO SER LEILOADOS NO DIA 07

 

(Foto: Divulgação/Infraero)

Manaus – O Aeroporto Internacional Eduardo Gomnes, de Manaus, além dos terminais de Tabatinga e Tefé e mais outros 19 serão leiloados pelo governo federal nesta quarta-feira, 7, durante a ‘Infra Week’ (ou semana da infraestrutura, no termo em inglês). O montante de privatizações segue até a sexta-feira,9, quando serão leiloados a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), na Bahia, e cinco terminais portuários, com estimativa de arrecadação de R$ 10 bilhões.

O Ministério da Infraestrutura prevê a geração de mais de 200 mil empregos diretos e indiretos e efeito-renda, ao longo dos contratos de arrendamento e concessões.

Na Região Norte, além dos três aeroportos do Amazonas, também serão leiloadas as concessões dos terminais de Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), Rio Branco (AC) e Cruzeiro do Sul (AC), no chamado Bloco 1. Está previsto, ainda, os Blocos do Sul e Central. O primeiro é formado formado por nove terminais: Curitiba, Bacacheri, Foz do Iguaçu e Londrina (PR), Navegantes e Joinville (SC), e Pelotas, Uruguaiana e Bagé (RS). Mais seis formam o Bloco Central: Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís e Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE).

De acordo com o Ministério da Infraestrutura , o investimento total nos três blocos supera os R$ 6 bilhões, sendo R$ 2,8 bi no Bloco Sul, R$ 1,8 bi no Bloco Central e R$ 1,4 bi no Bloco Norte. Em um único dia, o governo vai repassar a mesma quantidade de terminais aeroportuários do que o total atualmente concedido (22).

Também será leiloado o primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), entre Ilhéus e Caetité, na Bahia – um projeto em obras desde 2011 e que ainda recebe críticas de ambientalistas. O governo quer que a ferrovia se consolide como um corredor logístico de exportação para o escoamento de minério de ferro, além de grãos.

A concessão do trecho de 537 quilômetros deve garantir R$ 3,3 bilhões de investimentos, sendo R$ 1,6 bilhão para a conclusão das obras. O prazo de concessão será de 35 anos.

De acordo com Ministério da Infraestrutura, o governo federal trabalha para a implementação de mais dois trechos: entre Caetité (BA) e Barreiras (BA), e de Barreiras (BA) a Figueirópolis (TO), quando, futuramente, irá interligar o porto de Ilhéus a outra ferrovia: a Norte-Sul.

Também serão leiloados quatro terminais portuários em Itaqui (MA) e um em Pelotas (RS) .Estão previstos mais de R$ 600 milhões em melhorias nesses terminais, que se somam a mais 20 áreas leiloadas desde 2019.


Fonte: D24 AM com Agências Brasil e Estado


Nenhum comentário