Aconteceu!

AMERICANA É CONDENADA À PRISÃO POR TOSSIR EM MULHER COM CÂNCER

 

© DR A mulher foi condenada a uma pena de prisão de 30 dias.

Uma mulher do estado norte-americano da Flórida que tossiu para cima de uma cliente que se encontrava na mesma loja, no ano passado, em plena pandemia, foi condenada a uma pena de 30 dias de prisão.

Um juiz em Jacksonville, decidiu ainda, na quinta-feira, que Debra Hunter tem de pagar uma multa de 500 dólares, seis meses de liberdade condicional, fazer uma avaliação psicológica e controlo de raiva, segundo informou o gabinete do procurador por email ao Guardian. Foi também condenada a pagar os custos de testagem à Covid-19 da vítima.

Debra foi detida em junho do ano passado depois de ter gravado um vídeo tossindo em cima de outra cliente durante uma discussão com os funcionários da loja. Segundo os investigadores, a vítima, Heather Sprague, tinha começado a gravar a discussão, quando a mulher a viu fez um gesto rude antes de tossir para cima de dela.

Heather, que estava a receber tratamento para um tumor cerebral, disse ao juiz que passou vários dias ansiosamente à procura onde pudesse, juntamente com a família, ser testada para a Covid-19. Os testes acabaram por dar negativo.

Antes da condenação ser proferida, o juiz ressalvou ter ficado admirado pelo testemunho de Debra, pois tinha focado mais naquilo que perdeu e como os seus atos afetaram a sua família - casa de família pegou fogo, filhos perderam amigos e não são bem-vindos na comunidade, segundo disse durante o julgamento -, do que no mal que efetivamente tinha feito à vítima.


Fonte: Notícias ao minuto

Nenhum comentário