Aconteceu!

MAIS DE 40 MIL FAMÍLIAS CARENTES SÃO BENEFICIADAS COM CESTAS BÁSICAS, DE EMENDAS DOS DEPUTADOS DA ALEAM



A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) atingiu milhares de famílias em todo o mundo. No Amazonas não foi diferente, além da crise sanitária que devastou e desestruturou muitos lares, a fome e a vulnerabilidade social são realidades presentes na vida de mais de 30% da população que vive abaixo da linha da pobreza só em Manaus, segundo dados do Mapa das Desigualdades entre as Capitais Brasileiras, coletados pelo Programa Cidades Sustentáveis, em maio de 2020.

Para o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Roberto Cidade (PV), o Parlamento ciente das problemáticas causadas pela pandemia, vem trabalhando desde o início da mesma para minimizar a dor das famílias amazonenses. Entre as ações, destacam-se os projetos aprovados pelos deputados, que proíbem o corte de energia e água no período da pandemia, o parcelamento da dívida dessas mesmas contas, bem como, as emendas parlamentares destinadas para a aquisição de medicamentos e outros itens para a área da saúde.

“O parlamento está atento à realidade da população que tem sofrido muito com a pandemia e agora com a cheia dos rios. Aprovamos diversas matérias, além de indicações ao Governo do Estado para melhorar a vida do povo amazonense”, pontuou.

Cidade destacou ainda as emendas dos deputados destinadas para a compra de aproximadamente 40 mil cestas básicas, que vão beneficiar famílias que vivem abaixo da linha da pobreza. No total, 17 deputados estaduais destinaram emendas para a compra de cestas básicas. Dessas, 14 emendas no valor de R$ 200 mil cada, uma no valor de R$ 150 mil, uma de R$ 83.312,00 e uma terceira no valor de R$ 249.312,00. Totalizando R$ R$ 3.282.624, das quais, R$ 3.082.624 já foram liberadas.

“Para muitos uma cesta básica pode não representar muita coisa, mas para quem está com a barriga vazia e vendo seus filhos passarem necessidade, essa cesta básica vai fazer muita diferença. A Assembleia está de portas abertas para receber as demandas da população e todos os deputados estão empenhados em dar dignidade e melhores condições de vida ao povo amazonense”, pontuou.

Relação pandemia e a pobreza

Ainda segundo o levantamento do Mapa das Desigualdades entre as Capitais Brasileiras, a relação entre a Covid-19 e a desigualdade socioeconômica nas capitais brasileiras mostra que Manaus é a 3ª com mais pessoas abaixo da linha da pobreza e ao mesmo tempo é a que possui a maior taxa de mortalidade pelo novo coronavírus: 50 mortes a cada 100 mil habitantes (em maio de 2020).

De acordo com o levantamento, mais de 30% da população manauara vive com menos de US$ 5,5 por dia (faixa que define a linha da pobreza, segundo o Banco Mundial), aproximadamente R$ 28 reais.

Emendas

Emendas aprovadas no Orçamento de 2020 para execução no exercício de 202, apresentadas pelos deputados: Abdala Fraxe, Adjuto Afonso, Álvaro Campelo, Belarmino Lins, Carlinhos Bessa, Dermilson Chagas, Fausto Junior, Felipe Souza, Joana Darc, Josué Neto, Mayara Pinheiro, Ricardo Nicolau, Roberto Cidade, Serafim Corrêa, Sinésio Campos, Therezinha Ruiz e Wilker Barreto.

Foto: Alberto César Araújo/Aleam

Com informações da Assessoria de imprensa da Aleam*

Nenhum comentário