Aconteceu!

SÃO PAULO PERDE PARA O EMBALADO ATLÉTICO-GO E TEM UM MAU INÍCIO NO CAMPEONATO BRASILEIRO

Éder abriu o placar em Goiânia (Foto: Bruno Corsino/ACG)

O Atlético-GO fez neste sábado mais uma vítima paulista. Depois de duas vitórias seguidas sobre o Corinthians, em Itaquera, o Dragão bateu o São Paulo por 2 a 0, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Éder, aos 22 minutos do primeiro tempo, e João Paulo, por cobertura, aos 33 do segundo, fizeram os gols da partida (assista abaixo aos melhores momentos).

 

Mais do que conquistar os seis pontos possíveis neste início de Brasileirão, o Atlético-GO vive ótimo momento. O time não perde há oito partidas (cinco vitórias e três empates). Aliás, só perdeu um jogo em 25 na temporada. Quer mais? Não sofreu gols em 17 partidas. Na quarta-feira, às 21h30, em casa, o time tem a chance de confirmar a passagem para as oitavas da Copa do Brasil diante do Corinthians. No primeiro jogo, venceu por 2 a 0 e agora pode perder por até um gol de diferença.

 

O São Paulo ainda não venceu no Brasileirão e soma apenas um ponto, fruto do empate em casa na estreia com o Fluminense. Na terça, o Tricolor joga a sobrevivência na Copa do Brasil. O time perdeu por 3 a 2 para o 4 de Julho, no Piauí, e agora precisa vencer por dois gols de diferença para avançar às oitavas.


No embalo de duas vitórias seguidas sobre o Corinthians, o Atlético-GO foi melhor no primeiro tempo. Em um jogo de muitas disputas pela bola e poucas chances, o Dragão foi mais perigoso, sobretudo pelos lados com Dudu e Natanael, e aproveitou sua melhor oportunidade. Aos 22, Natanael cobrou falta, e o zagueiro Éder apareceu nas costas de Léo para marcar de cabeça.

 

O São Paulo produziu pouco. Shaylon e Gabriel Sara tiveram atuação apagada. O mesmo aconteceu com os alas Igor Vinicius e Reinaldo. Luciano teve apenas uma boa bola para finalizar, aos 41, mas parou em ótima defesa de Fernando Miguel. O goleiro apareceu outra vez aos 45, em batida de longe de Rodrigo Nestor.

 

Éder comemora o gol em Atlético-GO x São Paulo

 

O São Paulo voltou do intervalo com o estreante argentino Emiliano Rigoni no lugar de Shaylon e aumentou o poder ofensivo. O Tricolor neutralizou a saída de bola do Atlético-GO e passou a dominar o jogo, mas ainda assim com bastante dificuldade na criação das jogadas. As melhores chances foram do Dragão. Natanael, aos 14, parou em ótima defesa de Volpi em chute de longe. Aos 26, livre na pequena área, Zé Roberto desviou fraco nas mãos do goleiro e perdeu gol incrível.

 

Janderson e Reinaldo em lance de Atlético-GO x São Paulo

Fotos: Reproduções

 

Os goianos ampliaram aos 33. Tiago Volpi saiu jogando com os pés com Galeano na direita, mas o chutão do paraguaio explodiu em Natanael. A bola ficou com João Paulo, que aproveitou que o goleiro estava fora da meta e bateu por cobertura para fazer um belo gol. Aos 31, o árbitro Diego Pombo marcou pênalti de Igor Cariús em Luciano, mas cancelou a infração após analisar as imagens no monitor.

 

FICHA TÉCNICA


ATLÉTICO-GO 2 x 0 SÃO PAULO

Motivo: 2ª rodada do Campeonato Brasileiro


Data: 5 de junho de 2021 (sábado)


Horário: 19h (horário de Brasília)


Local: estádio Castelo do Dragão, em Goiânia (GO)


Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)


Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)


VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)


Cartões amarelos: Natanael, Lucão, Janderson, Willian Maranhão (Atlético-GO); Igor Vinícius, Léo, Tiago Volpi, Rodrigo Nestor, Reinaldo (São Paulo)


Gols: Éder, os 23min do primeiro tempo, e João Paulo, aos 33min do segundo tempo (Atlético-GO)

 

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu, Nathan Silva, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e João Paulo; Janderson, Zé Roberto (Lucão) e Natanael. Técnico: Eduardo Barroca

 

São Paulo: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Igor Vinícius (Galeano), Rodrigo Nestor, Shaylon (Rigoni), Gabriel Sara e Reinaldo; Rojas (Eder) e Luciano. Técnico: Juan Branda

 


*Globo Esporte

Nenhum comentário