Aconteceu!

EM MANAUS, COM VACINAÇÃO, MÉDIA DE NOVOS CASOS DE COVID CAI PARA 310 POR DIA


Vacinação de público mais jovem foi intensificada no Amazonas (Foto: Valdo Leão/Semcom)

MANAUS – Dos 3.632 casos de Covid-19 registrados no dia 18 de janeiro deste ano, no pico da segunda onda da pandemia do novo coronavírus, a média de diagnóstico da doença em Manaus caiu para 260 em junho, cinco meses após o início da vacinação em fevereiro.

Conforme consta no Boletim Diário de Covid-19 da FVS (Fundação de Vigilância em Saúde), no dia 19 de março a capital registrou 1.145 novos. No dia seguinte (20), foram diagnosticados 395 novos casos.

A média diária oscilou entre 300 e 400 novos pacientes por dia acometidos pela Covid-19 até o início de abril. Deste mês até junho, a média diária ficou em 250 novos casos.

A queda coincidiu com a ampliação da vacinação em grupos de pessoas mais jovens após a imunização dos grupos prioritários: idosos e trabalhadores da saúde.

Em maio os registros de novos casos foram os mais baixos em relação a janeiro, fevereiro, março e abril. No dia 1° foram 212 e as confirmações da doença se mantiveram entre 130 e 313 na média diária.

No mês passado houve um pequeno aumento no número de novos pacientes que contraíram a doença, chegando a 480 no dia 22 de junho. Mas os novos registros se mantiveram entre 127 e 346. No dia 1° deste mês de julho foram 522. Desde março de 2020, o Amazonas registrou 403.824.

A situação foi observada também em estados que intensificaram a vacinação alcançando mais de 50% dos habitantes. O Amazonas chegou a 53% da população vacinada com primeira dose.

Desde fevereiro foram aplicadas 2.061.315 doses das vacinas contra a Covid-19 até este sábado (3), sendo 1.511.041 de primeira dose e 550.274 de segunda dose.

“No mês de junho, nós realizamos três grandes mobilizações, atendendo a um número expressivo de pessoas. É claro que isso reduz os estoques de vacinas. Mas já tivemos a indicação da FVS (Fundação de Vigilância em Saúde) da chegada de novas remessas, o que nos deixa confortáveis. Além disso, temos asseguradas todas as segundas doses para concluir o esquema vacinal dos que já iniciaram a imunização”, disse a secretária municipal de Saúde Shádia Fraxe.

“A única maneira de você proteger a si mesmo e a quem você ama, é através da vacinação. Então não percam outras oportunidades de se vacinar”, reforçou o secretário de Estado de Saúde Anoar Samad.

Confira os dados da vacinação em todo o país:

76.264.389

Parcialmente imunizados

47,4%

Da população adulta parcialmente imunizada

26.822.047

Totalmente imunizados

16,8%

Da população adulta totalmente imunizada

75.541.343

Aplicações da 1ª dose

26.099.001

Aplicações da 2ª dose

723.046

Aplicações de dose única

Estado                       1ª dose                           2ª dose

Mato Grosso do Sul    61,4%                           27,5%

Rio Grande do Sul      54,6%                            21,6%

Espírito Santo            54,7%                            19,5%

Amazonas                  53,0%                            19,3%

Pará                           43,2%                            18,9%

São Paulo                   55,8%                            18,1%

Paraíba                      44,0%                            17,7%

Bahia                         45,9%                            17,7%

Ceará                         48,2%                            17,1%

Minas Gerais             44,2%                            16,5%

Rio Grande do Norte  45,2%                            16,4%

Alagoas                     44,2%                            16,0%

Paraná                       51,0%                            15,8%

Pernambuco               44,2%                            15,6%

Distrito Federal          43,8%                            15,4%

Roraima                     38,4%                            15,4%

Sergipe                      47,9%                            15,4%

Piauí                          43,4%                            14,9%

Santa Catarina            47,0%                            14,8%

Acre                           45,6%                            14,3%

Goiás                         44,0%                            14,2%

Maranhão                  50,2%                            13,7%

Tocantins                   41,4%                            13,6%

Mato Grosso              39,7%                            13,2%


Confira o Boletim da FVS no link abaixo:

https://issuu.com/amazonasatual/docs/boletim_fvs_covid


Fonte: Amazonas Atual

Nenhum comentário