Aconteceu!

PSDB: APÓS PAUSA NAS PRÉVIAS, CANDIDATOS DECIDEM RETORNO NESTA SEGUNDA

Reprodução

Depois de toda a confusão causada pela pane no aplicativo e adiamento da votação nas prévias do PSDB, instrumento definido para a escolha do candidato tucano para a Presidência da República em 2022, os candidatos decidiram definir a data de retorno do pleito nesta segunda-feira (22/11), após reunião com os responsáveis pelo software.

Os três nomes em disputa são o governador de São Paulo, João Dória, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus (AM) Arthur Virgílio. A decisão foi divulgada por Doria após uma reunião dos candidatos com a direção nacional do partido, capitaneada pelo deputado federal Bruno Araújo (PE).

“Ficou claro, estabelecido com a concordância dos três candidatos, que o limite é o dia 28”, disse o paulista. Segundo ele, haverá uma reunião com técnicos em torno do aplicativo de votação para que a data da conclusão do processo só se dê quando houver segurança total, porém, respeitando o prazo limite do domingo.

“Outro ponto que ficou claro entre os três candidatos: o resultado final das prévias do PSDB, seja na terça, na quarta, na quinta, na sexta, no sábado ou, no limite, no domingo, ao encerramento o resultado será o definitivo e será o que apontará o candidato do PSDB à Presidência da República”, ressaltou Doria.

A decisão soou como uma bandeira branca emtre os adversários: de um lado, Doria e Virgílio; do outro, Leite e alguns caciques tucanos, como os ex-presidentes nacionais do PSDB Tasso Jereissati, José Aníbal, Pimenta da Veiga e Teotônio Vilela Filho.

O paulista e o amazonense defendiam prolongar a votação até o domingo. Por sua vez, o gaúcho só aceitava esticar a corda até a próxima terça. O consenso apenas foi alcançado após a reunião com Araújo.

Prazo técnico

No entanto, a julgar pelas declarações de Bruno Araújo, o impasse não tem data para acabar. De acordo com ele, o prazo limite para a definição da votação é o técnico. “Não podemos nos antecipar a algo que ja nos causou problema”, justificou.

“Temos algo objetivo nesse caminho No início da tarde [de segunda-feira] haverá um parecer técnico para os candidatos sobre o real status do aplicativo, o tempo de resolução. Ele sendo disponibilizado, a ideia é disponibilizar quase que imediatamente para o filiado”, explicou Araújo.

Falhas

O PSDB anunciou na noite deste domingo que encerrou a votação em urna eletrônica e adiou o processo por meio do aplicativo após a plataforma apresentar falhas durante todo o dia.

“Os votos recebidos tanto pelo aplicativo quanto por meio das urnas eletrônicas ao longo deste domingo serão totalizados ao final do processo de votação. A integridade e a segurança do sistema estão totalmente preservadas”, garantiu o partido, por meio de nota publicada em conta oficial no Twitter.




Metrópoles*

Nenhum comentário