Aconteceu!

ATLÉTICO-MG BATE NOVAMENTE O ATHLETICO E FATURA A COPA DO BRASIL; VEJA A LISTA DE CAMPEÕES

Keno fez o primeiro gol do Atlético-MG - Foto: Fotoarena

Por anos, ter a tríplice coroa era um feito exclusivo do Cruzeiro em Minas Gerais. Vencer o Mineiro, Brasileiro e a Copa do Brasil na mesma temporada era motivo de exaltação e provocação. Mas agora o Atlético-MG tem um reinado para chamar de seu. Ao vencer o Athletico por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, o Galo fechou 2021 com o terceiro título e coroa uma das páginas mais vitoriosas de sua história.

Entre os novos reis está Cuca, que se isola cada vez mais como maior técnico que já passou pelo clube, ou Hulk, que fechou o ano como artilheiro do país com 35 gols, superando Gabigol. Na Copa do Brasil, o Galo fatura o bicampeonato — também ergueu a taça em 2014 — e está na Supercopa de 2022 — o adversário será o Flamengo.

Em campo, o reflexo de a partida de ida ter minado as chances do Athletico fez a Arena da Baixada virar um campo de batalha. De modo geral, foi um jogo insuportável para quem queria ver futebol e recebeu brigas para todo lado em troca.

Tão inefetivo que, quando o Athletico decidiu jogar, fez o gol. Pedro Rocha marcou, mas o tento foi anulado por toque na mão. A resposta do Galo veio com bola na rede. Em contra-ataque, Keno empurrou para as redes.

No segundo tempo, cenário parecido. O Athletico teve gol anulado com Vinicius Mingotti, e o Galo retribuiu com Hulk, para confirmar o posto de principal jogador da temporada.

Perto do fim do jogo, inversão de papéis. O Atlético-MG teve gol anulado de Savarino, já o Furacão marcou com Jaderson. Nada que tirasse o título do Galo.

*Extra

Nenhum comentário