Aconteceu!

QUALIFICA MULHER COMEMORA UM ANO COM CERCA DE 100 MIL MULHERES BENEFICIADAS

 

Iniciativa promove a autonomia econômica, em contribuição para o desenvolvimento econômico e social do país (Foto: Banco de imagens/Internet)

Neste mês de dezembro de 2021, o projeto-piloto Qualifica Mulher completa um ano. No período, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) investiu R$ 48 milhões para o desenvolvimento de 130 ações que beneficiaram cerca de 100 mil mulheres, em 21 estados do país. A iniciativa, capitaneada pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM/MMFDH), proporciona à população feminina condições de trabalho dignas, oportunidades de projeção econômica e social, além do bem-estar. 

Para a secretária Cristiane Britto, o projeto é um sucesso. “Não há dúvidas do sucesso do Qualifica Mulher, principalmente quando olhamos para os números. Superamos a estimativa do lançamento do projeto. Em setembro, 33 mil já haviam sido beneficiadas. Inúmeras mulheres conquistaram sua independência e seu sustento. Devo também agradecer a cada parceiro que acreditou no Qualifica Mulher e ajudou cada uma dessas mulheres”, pontuou. 

O Qualifica Mulher foi instituído por meio da Portaria 3.175/2020, com o objetivo de promover ações que contribuam para o reconhecimento e a valorização dos direitos e da cidadania das mulheres e aumentar a capacidade de empregabilidade das mulheres que estão em situação de vulnerabilidade social, por meio da educação profissional e empreendedorismo para sua inserção no mundo do trabalho. 

Cursos e parcerias 

O projeto é desenvolvido por três eixos: Qualifica Capacita – qualificação e capacitação profissional; Qualifica Empreende – capacitação para o empreendedorismo; e Qualifica Concretiza – caminho à empregabilidade e incentivo ao microcrédito para empreendedoras. 

Ao longo do ano, foram desenvolvidas diversas capacitações, dentre elas cursos de educação financeira para mulheres empreendedoras, marketing digital, artesanato e costura, como inovar em tempos de crise, como cuidar do dinheiro do seu negócio e empreendedoras da beleza, higienista de serviços de saúde, auxiliar de manutenção predial, salgadeira, entre outras ações. 

Os parceiros do Qualifica Mulher podem ser da Administração Pública Federal, Estadual, Distrital e Municipal, além das entidades privadas com ou sem fins lucrativos. A adesão é voluntária e por meio de convênios, Acordos de Cooperação Técnica, Termos de Fomento, Acordos de Cooperação com organização da sociedade civil, Acordos de Cooperação com entidade privada com fins lucrativos ou Termos de Execução Descentralizada. 

São parceiros do projeto a Aliança Empreendedora, Conab, Banco do Nordeste, SICOOB, Sindicato das Micro e Pequenas Indústrias do Estado de São Paulo (SIMPI), Caixa Econômica Federal, os Institutos Federais do Pará, Distrito Federal, Alagoas, Paraíba, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina e Roraima. Além das Universidades Federais de Goiás, Tocantins, Uberlândia e Rural de Pernambuco. 




Com informações da assessoria*

Nenhum comentário