Aconteceu!

JOGO ‘FREE FIRE’ PODE TER INFLUENCIADO MORTE DE ADOLESCENTE EM MANAUS


Um jovem identificado como Douglas Kaik de Souza, de 14 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (5), na rua São Vicente, bairro Compensa, zona Oeste da capital amazonense.


De acordo com informações repassadas por populares, a vítima decidiu tirar sua própria vida através de enforcamento após um longo histórico de praticamente não sair do próprio quarto, dedicando seu tempo a apenas brincar do jogo eletrônico ‘Free Fire’.

Alguns relatos sobre o triste caso atribuíram o suicídio à violência explícita retratada no jogo que o adolescente constantemente brincava, cujo estilo é ‘battle royale’, ou seja, o objetivo principal é ser o único sobrevivente em meio a dezenas de jogadores no mesmo mapa.

Jovens com depressão, ansiedade social e TDAH podem tornar-se mais vulneráveis a desenvolver dependência de jogos eletrônicos por terem menor habilidade social e de empatia, além de menor controle emocional, podendo apresentar episódios de impulsividade que levem a tendências autodestrutivas.

Dessa forma, o alerta que fica para os pais e responsáveis é a promoção de maior diálogo na convivência, além de atenção aos sinais de isolamento extremo apresentado por crianças e adolescentes.

Jogos de violência e suas influências

De acordo com relatórios da Associação Americana de Psicologia, baseado em mais de 100 estudos, jogos de guerra, luta e tiro podem estimular a agressividade, além de gerar um alto nível de ansiedade, mesmo momentos após as partidas.



*CM7 BRASIL

Nenhum comentário