TCE

TCE

Aconteceu!

APÓS ALTA, IDOSA É DERRUBADA DE MACA DE AMBULÂNCIA E MORRE

 

Reprodução

A idosa Rosália Martins Machado, de 93 anos, morreu no domingo (27) após cair de uma maca e bater a cabeça enquanto chegava em casa, pouco depois de ter recebido alta da Unidade de Pronto Atendimento de Paranaguá (PR) por um quadro de infecção urinária. As informações são do Uol.

Conforme os familiares, Rosália teve traumatismo craniano por causa da queda, mas foi deixada no quarto, só sendo socorrida novamente após dois dias, quando a família notou sinais de danos cerebrais.

Ainda segundo os parentes da vítima, no dia em que recebeu alta da unidade de saúde, Rosália estava com um inchaço na perna e não andava. Por isso, foi levada de ambulância para casa. Assim que chegou na residência, o motorista retirou a paciente do veículo, sozinho, no dia 23 de fevereiro.

De acordo com Daniele Machado, enteada Rosália, a idosa, que estava acompanhada da irmã dela, teve três traumatismos. “Quando chegaram, a minha irmã saiu para arrastar os móveis de casa e, em seguida, o motorista a retirou da ambulância e desafivelou a presilha que segurava a maca, que era bem alta, e foi aí que ela caiu. Ela bateu a cabeça em uma escrivaninha e depois caiu no chão”, explicou Daniele ao Uol.

Na sexta-feira (25), os familiares da idosa perceberam que ela apresentava dificuldades na fala e perda de memória. Ela foi levada novamente ao hospital, mas acabou morrendo no domingo (27).

A Polícia Civil do Paraná investiga o caso. Em nota ao Uol, a Prefeitura de Paranaguá informou que “a Secretaria Municipal de Saúde está aguardando o Documento de Óbito, está acompanhando a situação e aguardando os dados oficiais da paciente para tomar as medidas cabíveis, caso necessário”.

Conforme a prefeitura, o motorista foi afastado das funções temporariamente, até que a investigação apure o ocorrido. Uma sindicância interna também foi aberta.




ISTOÉ*

Nenhum comentário