TCE

TCE

Aconteceu!

BANHISTA MORRE APÓS SER ATACADO POR ÁGUA-VIVA VENENOSA ENQUANTO NADAVA NA PRAIA

Reprodução da web

Um banhista morreu após ficar preso nos tentáculos de uma água-viva que mediam cerca de dois metros de comprimento, em Eimeo Beach, praia localizada em Queensland, na Austrália. O menino tinha 14 anos, e o acidente ocorreu no dia 16 de fevereiro.

Segundo testemunhas que estavam na praia, eles correram para ajudar o menino. Uma banhista local disse ter visto o adolescente saindo da água com “uma expressão indecifrável no rosto”. As pernas do menino estavam cobertas por tentáculos, e ele, em choque.

As informações foram obtidas através do jornal Daily Mercury. De acordo com o portal, os salva-vidas foram acionados no local e fizeram massagem cardíaca durante 40 minutos no adolescente.

O jovem foi ressuscitado, e encaminhado ao Mackay Base Hospital.

Entretanto, uma hora após chegar no hospital, a polícia de Queensland informou que o menino havia morrido em decorrência dos ferimentos e do choque.


Água-viva venenosa

A espécie animal é conhecida como vespa-do-mar. Ela é considerada como um dos animais mais venenosos do planeta. A toxina que está presente em seus tentáculos provocam constantes choques elétricos no corpo de quem é atacado.

Dependendo da extensão do ferimento, a pessoa pode ter uma parada cardíaca em menos de três minutos. A espécie habita o Norte e o Nordeste australiano, sendo encontrada na barreira de corais, que possui mais ou menos 2 mil quilômetros.



Fonte: ND+


Nenhum comentário