TCE

TCE

Aconteceu!

ROBERTO CIDADE PROPÕE REUNIÃO COM A ARSEPAM PARA DEBATER COBRANÇA DE SERVIÇOS NO ROADWAY

 

Foto: Joel Arthus

Em aparte ao discurso do deputado Sinésio Campos (PT), nesta quarta-feira (16), o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), propôs que os parlamentares se reúnam com a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam), para debater a cobrança de serviços no Porto de Manaus, o Roadway. A reclamação de usuários é que o valor para adentrar no local é elevado e o pagamento só pode ser feito em espécie.

O chefe do parlamento estadual destacou que a Aleam aprovou, no ano passado, a Lei que regulamentou o transporte hidroviário no Amazonas, que, entre as atribuições, define a prática de cobrança nos portos. Cidade propôs, ainda, que o responsável pelo Roadway seja convocado para explicar a tabela de preços e que a concessão do Porto de Manaus seja analisada.

“Nós conseguimos aprovar a regulamentação do transporte hidroviário do Amazonas e podemos cobrar isso da Aserpam. Ver de que forma podemos solucionar esse problema. É um absurdo o que eles cobram para uma pessoa buscar uma encomenda na embarcação e não aceitarem pix. Se fosse lá no interior, que a internet é precária, eu até entenderia, mas em Manaus me parece que é para ter o recurso em espécie para usar de forma ilícita”, afirmou.

Cidade lembrou, também, que muitas pessoas vão de canoa até o Roadway para pagar um valor menor. “Para pegar um envelope você paga. Muitas vezes as pessoas do interior querem mandar uma carta para a família e têm dificuldade de pagar. Aí o familiar vai lá na Manaus Moderna, pega uma canoa e paga a metade do preço por isso”, explicou.

Nenhum comentário