últimas

IMIGRANTE VENEZUELANA AUTISTA E COM CÂNCER DENUNCIA PADRE POR ESTUPRO



Foto: Reprodução/Internet
Uma venezuelana de 29 anos não identificada, denunciou à polícia um padre de 60 anos da Arquidiocese Militar de Manaus pelos crimes de estupro cometidos em maio e junho deste ano. Segundo a polícia, os estupros teriam acontecido no abrigo da igreja Católica para imigrantes, localizado na rua José Tadros, no bairro Santo Antônio, Zona Oeste. 

A mulher que tem um tipo de câncer que afeta o sistema linfático e é autista afirmou à polícia que o sacerdote falava durante e após os crimes que ela seria curada da doença.

O registro do boletim de ocorrência foi relizado na última quarta-feira (3) no 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), e a venezuela realizou exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal (IML).

A vítima imigrante chegou a ficar internada durante oito dias no Hospital 28 de Agosto e depois de receber alta começou a ser ameaçada pelo padre de que seria expulsa do país se contasse o que houve.

Em nota  a polícia informou que o caso foi está sendo investigado e mais informações não poderão ser repassadas no momento.

Nenhum comentário