últimas

COMO CONHECÍ ARLINDO JÚNIOR O 'POP DA SELVA' NO FINAL DA DÉCADA DE 90


O Levantador de Toadas, Arlindo Júnior foi homenageado nesta quinta (29) na Assembleia Legislativa do Estado com a mais alta comenda da casa: a medalha Ruy Araújo num clima bastante emotivo e comovente. O autor da propositura foi o deputado Saullo Vianna e contou com a presença de vários parlamentares, secretários, amigos, cantores, familiares e outros.

Conhecí o 'Pop da Selva' no final da década de 90 quando o boi e as toadas ardiam nos quatro cantos da cidade; O Bar do Boi Caprichoso funcionava na Tevelândia na Djalma Batista e o Olímpico Clube na Kako Caminha cedia seu espaço para o Curral do Boi Garantido que ensaiava aos sábados.

Garantido e Caprichoso até nas denominações não se entendem, senão vejamos: O Caprichoso tem Bar e o Garantido tem Curral; o Garantido tem Batucada e o Caprichoso tem Marujada de Guerra.


Certa vez, convidado pelo Pop fui até o Stúdio 5 prestigiar uma performance da banda dele e ao final ele me convidou pra irmos até Presidente Figueiredo e ajudá-lo a transportar alguns integrantes dançarinos e dançarinas. Na época, Figueiredo ainda tinha muito barro e nesse dia tinha chovido deixando a entrada da cidade bastante escorregadia.

Lembro que ficamos ao final da apresentação, tipo 4 da manhã na Rodoviária para lanchar e depois pegar a estrada e retornar à Manaus, porém o Pop falou que não era muito aconselhado retornar e seguimos viagem bem cedo, já que eu tinha que trabalhar no Programa Canal Livre e o Calau ( Carlos Souza) era muito 'caxias'.

Mas tudo aconteceu na mais perfeita ordem, o Arlindo faturou aquele cachê polpudo da Prefeitura e eu cedinho já estava na TV Rio Negro para produzir o programa.

Tempos bons, aqueles!



JOTA AUGUSTO É FLAMENGOSO, MANAUARA COMEDOR DE JARAQUI E EDITOR-CHEFE DESTE PORTAL! 

Nenhum comentário