últimas

APÓS CIRURGIA, BOLSONARO REASSUMIRÁ PRESIDÊNCIA AINDA INTERNADO


Foto: Divulgação 





O presidente Jair Bolsonaro deverá ficar dez dias internado após fazer, no domingo (8), uma nova cirurgia em consequência da facada que sofreu durante a campanha eleitoral, em setembro do ano passado. A Presidência da República ficará até terça-feira a cargo do vice-presidente, Hamilton Mourão, com Bolsonaro reassumindo a posição na quarta-feira, ainda no hospital.

"Há uma previsão de o presidente quedar-se por cerca de dez dias na cidade de São Paulo. Não obstante, isso pode variar para menos ou para mais dependendo da evolução clínica do presidente", disse o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, a jornalistas na tarde de hoje. "Domingo, segunda e terça-feira, o presidente passa o cargo de para Hamilton Mourão, e retoma o cargo na quarta-feira", complementou.

Bolsonaro parte para São Paulo no sábado, dormindo no hospital, onde, no dia seguinte, fará a cirurgia "no horário mais cedo que for possível e determinado pela equipe médica", segundo Rêgo Barros.

Ainda segundo o porta-voz, Bolsonaro estará acompanhado da mulher, Michelle Bolsonaro, e de dois filhos: o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Ao UOL, o médico Antonio Macedo disse que "o presidente fará uma nova cirurgia para a correção de uma hérnia incisional" no local das últimas intervenções cirúrgicas. Na sexta-feira (6), completa-se um ano do ataque a facada.

Segundo o médico Ricardo Peixoto Camarinha, da Presidência da República, o problema na hérnia aconteceu por conta de cirurgias anteriores de Bolsonaro, embora ele não tenha especificado qual. É o terceiro procedimento a que se submete Bolsonaro desde o ataque.













Fonte: Uol notícias 

Nenhum comentário