últimas

JOSUÉ NETO PRESTA HOMENAGEM AOS FUNCIONÁRIOS DA MATERNIDADE BALBINA MESTRINHO NA ALEAM


 A humanização do atendimento na tradicional Maternidade Balbina Mestrinho, localizada no Bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul de Manaus, foi reconhecida pelo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto, que em Sessão Especial no plenário da Casa, na tarde desta quinta-feira (12), entregou à diretora da instituição, Rafaela Faria, uma placa em homenagem a implantação do Centro de Parto Normal Intra-Hospitalar (CPNI).

O CPNI oferece as parturientes à opção de terem seus bebês de maneira natural e na água. O método oferece o mínimo de intervenção na hora do parto e promove interação entre a mulher e seu companheiro, que também pode acompanhar o nascimento da criança.

Em discurso Josué Neto, parabenizou o corpo técnico da maternidade por seu empenho e dedicação, destacando que o momento também é de reflexão. Para o parlamentar, a Balbina Mestrinho retoma o curso da história, onde se destacam os contínuos avanços na assistência ao parto humanizado. 

“Temos que nos unir e somar esforços para que todas as maternidades de Manaus, Estaduais e Municipais, possam oferecer um momento humanizado às mães da Capital e do Interior, com serviço de alta complexidade”, ponderou o deputado.

Josué Neto aproveitou a reunião de entes que representavam o Governo Estadual e Prefeitura Municipal para ressaltar as movimentações em busca de cooperação pela humanização em todas as 8 maternidades de Manaus, sendo uma administrada pelo Executivo Municipal, a Maternidade Moura Tapajós, localizada no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

Segundo Josué Neto, em uma reunião realizada também nesta quinta-feira, na sede do Ministério Público Estadual (MPE), Estado e Município começaram um diálogo para um processo efetivo de cooperação. 

 Quero deixar o sentimento dessa Casa em poder ajudar as maternidades no parto humanizado em Manaus, nós sabemos que serão necessários nos próximos 10 anos, um investimento de mais de R$ 10 milhões para deixar este serviço dentro do que é previsto pelo próprio Ministério Público. A Casa vai trabalhar em conjunto com a Bancada Federal, com o Governo do Estado e tentar fazer um acordo de cavalheiros com a própria Prefeitura de Manaus que administra a Moura Tapajós
comentou Josué Neto.

Emocionando aos presentes, a diretora da Balbina Mestrinho, Rafaela Faria, agradeceu o reconhecimento em nome de todos os funcionários e colaboradores. 

Ela lembrou da importância social e histórica da maternidade. “São 57 anos de existência da nossa Balbina Mestrinho, carregamos a tradição como uma bússola. Nunca nos esquecemos de honrar o local de nascimento de milhares de amazonenses e, com isso, aceitamos a empreitada de transformar a estrutura que já existia, em um lugar dentro das normas e acima de tudo humanizado. Ver isso reconhecido nos trás a sensação de dever cumprido e que deve ser continuado”, ressaltou Rafaela Faria.

Estiveram presentes os deputados Carlinhos Bessa (PV), Saullo Vianna (PPS), a secretaria Executiva Adjunta da Capital, Daiana Priscila de Souza, a subsecretaria Municipal de Gestão da Saúde, Adriana Lopes Elias, a professora e diretora da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Dra Ione Brum, o secretário Executivo do Fundo de Promoção Social, Rafael Carapeba, a Diretora da Maternidade Ana Braga, Gláuria Tapajós Said e a representante da Aeronáutica, 2° tenente Raquel Rocha Braga.

Via Assessoria do Deputado

Nenhum comentário