últimas

NOS PRIMEIROS 9 MESES DE WILSON LIMA SOB COMANDO DO GOVERNO DO ESTADO, FORAM DESTRAVADOS R$ 182 MILHÕES PARA OBRAS DE SANEAMENTO BÁSICO






Fotos:Diego Peres / Secom



O governador Wilson Lima destacou, nesta segunda-feira (07), ações do Governo para a área de saneamento básico nos primeiros nove meses de 2019, durante a abertura do “1º Seminário sobre Saneamento Ambiental no Amazonas”, no Centro de Convenções Vasco Vasques, zona centro-sul da capital. Entre os avanços, ele ressaltou o trabalho do Estado para destravar R$ 182 milhões, em recursos da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), destinados a obras de saneamento no interior do estado.

O seminário, realizado pela Funasa com apoio do Governo do Amazonas, acontece até esta terça-feira (08) e reúne prefeitos, secretários de Estado e representantes de outros órgãos para discutir e trocar experiências sobre melhorias no saneamento básico/rural no Amazonas, abordando projetos técnicos para a captação de recursos, regulação, sustentabilidade e novos negócios no ramo.

“O saneamento básico é fundamental na melhoria da qualidade de vida do nosso povo. No Estado do Amazonas nós temos as nossas dificuldades, nossas peculiaridades. Temos trabalhado junto com a Funasa para que a gente possa melhorar o esgotamento sanitário, o abastecimento de água e temos avançado muito”, destacou o govenador.

“No início do ano nós, através da Ciama, destravamos, junto com as prefeituras, projetos para ampliação na rede de distribuição de água”, disse Wilson Lima, ao detalhar que recursos da Funasa, da ordem de R$ 182 milhões, estavam parados há dois anos, com risco de serem devolvidos ao Governo Federal.

De acordo com o presidente da Ciama, Aluizio Barbosa, dos R$ 182 milhões, R$ 34 milhões já foram investidos em projetos para a população e outros R$ 70 milhões começam a ser aplicados este ano. O investimento total dever ser realizado até 2020.

“Também já distribuímos para o interior 240 filtros Salta-Z, que é uma tecnologia da Funasa, para que as pessoas pudessem estar bebendo água de qualidade. Isso beneficiou, aproximadamente, 60 mil pessoas”, completou o governador.


Mais investimentos

Durante o seminário, o governador Wilson Lima também anunciou a inauguração, no dia 19 de outubro, da obra do Programa de Saneamento Integrado de Maués (ProsaiMaués), que prevê 50% de esgotamento sanitário para aquele município. “Dezoito mil metros de esgotamento foram ampliados e mais 13 mil foram saneados, o que vai proporcionar uma cobertura de 90% de abastecimento de água no município”, frisou.

Por meio da Companhia de Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), o Governo passou a fornecer água potável, este ano, aos municípios de Atalaia do Norte e Nova Olinda do Norte, onde havia um alerta sobre a qualidade da água distribuída à população.


A Companhia também ampliou a rede de abastecimento em Manaquiri. Através de Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura do Município, a Cosama expandiu em 2.500m a rede de distribuição, levando a água encanada a mais de 120 famílias nos Bairros Areal e Castanheira, em Manaquiri.


Como parte das ações do Governo na área de saneamento, no segundo semestre do ano, a Ciama submeteu mais R$ 7 milhões em projetos de resíduos sólidos do Ministério do Meio Ambiente e está trabalhando em soluções sustentáveis no projeto de engenharia e arquitetura do primeiro distrito agroindustrial do Amazonas, que será no município de Rio Preto da Eva.




Nenhum comentário