últimas

FLAMENGO SAI NA FRENTE DO GOIÁS, MAS SOFRE COM EXPULSÃO DE CÉSAR E TOMA EMPATE NOS ACRÉSCIMOS

MARCOS SOUZA/NASCIMENTOSOUZAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Flamengo fazia bom jogo, no Serra Dourada, e tinha como certa mais uma vitória no Campeonato Brasileiro após Gabigol e Rodrigo Caio balançarem a rede. Mas o cansaço — e certo nervosismo — impediram o time de Jorge Jesus de chegar a oito vitórias seguidas, fora de casa, e manter a diferença de dez pontos para o Palmeiras. Com o empate de 2 a 2 obtido pelos donos da casa (gols de Rafael Moura e Michael), ela caiu para oito pontos (68 a 60).
A partida começou eletrizante. Logo aos quatro minutos, surgiu o primeiro lance de perigo para o Flamengo. Após escanteio cobrado por Everton Ribeiro, Pablo Marí subiu sozinho e cabeceou bonito, mas a bola bateu na trave. Parecia que o jogo seria dominado pelo Rubro-Negro, mas aconteceu o contrário. O Goiás ajeitou a marcação e conseguiu levar mais perigo à meta de César.
Aos 29 minutos, após escanteio, o zagueiro Fábio Sanchez desviou e a bola, por pouco, não entrou. Parte da torcida esmeraldina presente no Serra Dourada chegou a comemorar. Além disso, o atacante Michael deu muito trabalho para Rodinei, que precisou correr mais do que o normal para conseguir marcar o atacante. Apesar do jogo movimentado, o placar não saiu do zero no primeiro tempo.
Na segunda etapa, após Jesus conversar com os jogadores, a equipe voltou mais ligada. O primeiro lance de perigo rubro-negro foi aos oito minutos. Gabigol recebeu grande passe de Arrascaeta, mas bateu em cima do goleiro Tadeu. Porém, no lance seguinte, o camisa 9 não perdoou: após bobeada da zaga, marcou seu 20º gol no Brasileirão e igualou marca de Hernane Brocador, com 36 gols em uma só temporada.
Aos 17, veio os 2 a 0: depois de escanteio, Bruno Henrique desviou para a pequena área e Rodrigo Caio apenas empurrou para dentro. Quando o Flamengo mandava no jogo, o Goiás achou uma brecha e diminuiu o placar. Michael recebeu na ponta esquerda, levantou a cabeça e achou Rafael Moura, que se desmarcou para balançar a rede. Logo depois, as emoções tomaram conta no Serra Dourada. César saiu mal e fez falta, que lhe rendeu cartão vermelho. O Goiás aproveitou a vantagem numérica e conseguiu empatar no finalzinho, com Michael, em bela finalização.

Nenhum comentário