últimas

GOVERNO DECLARA EMERGÊNCIA FITOSSANITÁRIA EM ÁREAS PRODUTORAS POR CONTA DE GAFANHOTOS

Nuvem de gafanhotos é vista em plantação na cidade de Santa Fé, na Argentina. Fronteira com RS está em alerta - Senasa (Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agro-Alimentar)




O governo federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, declarou estado de emergência fitossanitária em áreas produtoras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O motivo é o avanço de uma nuvem de gafanhotos que está entre a Argentina e o Uruguai e se aproxima da região sul do Brasil.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União divulgado na madrugada de hoje. Segundo o texto, assinado pela ministra Tereza Cristina Correa da Costa Dias, será adotada uma "implementação do plano de supressão da praga e adoção de medidas emergenciais.

"O texto ainda cita o decreto 8.133 de 2013, que determina que o governo "poderá efetuar contratação de pessoal por tempo determinado para prestação de serviços eventuais nas ações de defesa agropecuária." 

O estado de emergência entrou em vigor nas últimas horas e é válido por um ano.

Nenhum comentário