últimas

PEGO SEM MÁSCARA EM SANTOS, DESEMBARGADOR TENTA HUMILHAR GUARDA TAXANDO-O DE ANALFABETO



Um homem que se apresentou como "desembargador Eduardo Siqueira" foi flagrado confrontando a GCM (Guarda Civil Municipal) de Santos, no litoral paulista. O fato aconteceu durante uma abordagem pelo fato de ele, que estava na praia, se recusar a usar máscara. 

A reportagem do UOL consultou o TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo), que confirmou o jurista em seus quadros. O uso do equipamento de proteção contra o coronavírus é obrigatório na cidade por meio do decreto nº 8.944, de 23 de abril de 2020, assinado pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). Descumprir a medida gera multa de R$ 100.

Nas imagens, que circulam em redes sociais, o homem é abordado por um homem da GCM, que pede "por favor" para ele máscara. Eduardo é informado sobre o decreto, mas diz que o ato "não é lei" e se recusa. O guarda, então, desce do carro para aplicar a multa. Eduardo afirmou que já havia recebido uma infração: "Amassei e joguei na cara dele. Você quer que eu jogue na sua também?", questiona. 

No contato com o TJ-SP, o UOL ofereceu espaço a Siqueira caso ele deseje se manifestar sobre o caso, e até o momento não houve resposta.

Indignado ao ver que o guarda está executando a punição, o homem pega o celular e diz ligar para o secretário de Segurança de Santos, Sérgio Del Bel. Ao perceber que está sendo filmado, ele sorri e dá um sinal positivo para a câmera. Durante o telefonema, ele diz que está "com um analfabeto" e alega que está sozinho na faixa de areia. 

Eduardo tenta passar o telefone ao guarda, que recusa. O caso vem repercutindo desde a manhã de hoje, e o termo "desembargador" já é um dos mais comentados do Twitter no Brasil.

*UOL

Nenhum comentário