últimas

BELARMINO LINS DIZ QUE WILSON LIMA ENTRARÁ PARA A HISTÓRIA COM A PAVIMENTAÇÃO DE AEROPORTOS DO INTERIOR


Em discurso, na sessão híbrida desta terça-feira (25) da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), o deputado Belarmino Lins (Progressistas) reiterou apelo ao governador Wilson Lima e ao secretário de Estado de Infraestrutura, Carlos Henrique Lima, pleiteando a pavimentação das pistas de pouso dos municípios de Autazes, Nova Olinda do Norte e Novo Aripuanã.
“Há anos eu venho batalhando, pedindo ao Governo do Estado uma atenção especial aos moradores das cidades de Nova Olinda do Norte, Autazes e Novo Aripuanã que há mais de trinta anos reclamam de seus aeroportos de chão batido, empiçarrado”, discursou o líder progressista.
Por isso, Belarmino decidiu voltar agora a envidar esforços para que o governo Wilson Lima atenda a tão importantes demandas. “Eu volto à luta agora e formulo um veemente apelo ao governador Wilson Lima, bem como ao secretário de Infraestrutura, Carlos Henrique, para que pavimentem esses aeroportos, os quais não implicam em desmatamento, não implicam em compactação, limpeza, mas apenas precisam de um trato para que se realize a pavimentação”, detalhou o parlamentar, alertando que a pavimentação proporcionará muito mais segurança aos voos para aqueles municípios.
“De Manaus a Autazes, nós gastamos em média até 25 minutos, para Nova Olinda do Norte a distância é de 30 a 35 minutos e da capital até Novo Aripuanã a média é 50 minutos de voo. Então, não há necessidade de desmatar áreas ou de compactar as pistas. Os aeroportos já existem há mais de 30 anos. E eu tenho certeza de que o governador Wilson Lima, se pavimentar essas pistas, entrará para a história de Autazes, de Nova Olinda e de Novo Aripuanã”.
Belarmino Lins destaca que os recursos necessários às obras de pavimentação poderão ser obtidos por meio de emendas tantos dos deputados estaduais como dos parlamentares federais do Estado, tendo em vista a importância das demandas pertinentes aos três municípios. “Sem dúvida, nossas emendas ajudariam o Estado quanto aos recursos para as obras”, finalizou.

Nenhum comentário