últimas

PANCADARIA EM HOTEL ACABA COM SERVIDOR PÚBLICO MACHUCADO



Um servidor público de 27 anos, identificado como Welinton Nunes da Silva, foi brutalmente agredido na noite desta quinta-feira (27) durante uma briga em um hotel no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus.

Segundo a defesa de Wellinton, três homens desferiram diversos golpes nele após um dos suspeitos suspeitar que o servidor filmava uma briga entre o agressor e uma mulher não identificada na recepção do hotel.

A sequência de golpe violentos somente foi encerrada após a intervenção de seguranças do local com a Polícia Militar, O caso foi apresentado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na avenida Duque de Caxias, na Praça 14, zona Sul da capital.

Ainda segundo a defesa, o caso será repassado posteriormente para o 16º DIP, responsável pela área da ocorrência, para a devida apuração dos fatos. A defesa da vítima deve, ainda, requerer as imagens do local para a devida análise e instrução dos procedimentos administrativo e judicial.

Outro lado

O representante comercial Tiago Barros, apontado como o homem que deu início aos golpes contra Wellinton, rebate a versão. De acordo com informações do Portal Em Tempo, ele refutou a versão de que estaria discutindo com alguma mulher e afirmou que Wellinton é quem estaria em companhia feminina no saguão do hotel.

Segundo ele, o servidor público demonstrava estar embrigado e, desconfiado que uma das mulheres estaria flertando com o grupo de amigos de Tiago, teria cobrado satisfações. Ao ouvir de Tiago que seria “normal olharem para mulheres, pois eram homens”, e com os ânimos no local exaltados, Wellinton teria sacado o celular do bolso, o que incomodou o representante comercial.

Após mostrar oposição a filmagem , ainda de acordo com a versão de Tiago, Wellinton teria puxado uma faca e avançado contra o grupo, o que seria o motivo para as agressões sofridas por ele, que sustenta o argumento de que agiu em legítima defesa. “Não ia morrer. nem meus amigos”, disse.

Fonte: Portal Tucumã

Nenhum comentário