últimas

PROFESSOR UNIVERSITÁRIO É SUSPEITO DE AGREDIR VIZINHO POR CHORO DE BEBÊ EM BH





Um professor universitário é suspeito de agredir um vizinho, em Lavras, a 237 km de Belo Horizonte. O motivo da briga seria o choro do bebê da vítima.

Um vídeo filmado pelo síndico do prédio mostra o momento da confusão. Nas imagens, o pai da criança, que é um biólogo, diz que o vizinho teria quebrado seus pertences na portaria.

Na sequência, o professor Denílson Ferreira de Oliveira desfere diversos socos nas costas do homem, que grita de dor. O suposto agressor é doutor em química e membro do corpo docente da UFLA (Universidade Federal de Lavras) desde 1997.


No boletim de ocorrência, a vítima acusa o educador de ter furtado o carrinho de bebê da família, uma mesa e um armário que ficavam na garagem do prédio. Após a chegada da Polícia Militar, os envolvidos na confusão foram encaminhados para a delegacia.


Os dois assinaram um termo circunstanciado de ocorrência e não foram presos em flagrante. Uma audiência de conciliação sobre o caso será agendada em breve.

Repercussão

Após a divulgação do vídeo nas redes sociais, alunos da Universidade Federal de Lavras passaram a relatar supostos casos de violência verbal do professor dentro de sala de aula.

Os estudantes, inclusive, recuperaram uma publicação de fevereiro de 2014 em que um universitário, de forma anônima, afirma que alguns jovens chegaram a sair de sala chorando por causa da agressividade do docente.

Procurado pelo R7, o professor Denílson Ferreira de Oliveira disse que pretende se manifestar sobre o caso em breve. A reportagem também fez contato com a Universidade Federal de Lavras, mas não teve retorno até o momento.



Nenhum comentário