últimas

CASAL MORRE ELETROCUTADO APÓS FIO DE ALTA TENSÃO CAIR SOBRE REDE DE ENERGIA DE CASA

Caso aconteceu em casa onde casal morava, no Km 9 do Ramal Pau Rosa, Zona Rural de Manaus. — Foto: Reprodução/ Marcelo Dutra/Rede Amazônica

O casal Maria Lessa Laranjeira de Azevedo, de 36 anos, e Francisco Wilson Rodrigues de Azevedo, de 40 anos, morreu após um fio de alta tensão cair sobre a rede de energia da casa onde eles moravam, no Km 9 do Ramal Pau Rosa, Zona Rural de Manaus. Com o acidente, ocorrido na madrugada deste domingo (20), toda a rede de energia da casa ficou danificada.

De acordo com o filho do casal, de 17 anos, ele estava deitado em uma rede, por volta de 3h, e viu a mãe se levantar para tomar água quando o acidente aconteceu. Um fio da rede de energia do ramal, de 13 mil volts, se rompeu e caiu sobre a rede da casa, que ficou energizada. Cinco pessoas moravam no local.

"Já estava sem luz e o fio já estava solto. Quando a luz voltou, a energia já veio com toda a potência no fio atingindo as coisas aqui. A casa ficou toda energizada. Ela tinha ido tomar água, quando caiu e derramou água em cima dela e a energia foi toda pra ela", disse o adolescente à Rede Amazônica.

Ainda segundo o rapaz, o pai também foi atingido e não resistiu. Maria Lessa e Francisco Wilson deixaram quatro filhos, que, agora, vão ficar com a avó paterna.

O agricultor Fábio Azevedo Cascais, irmão de uma das vítimas, mora ao lado da casa do casal e foi o primeiro a chegar no local após o acidente. Segundo ele, interrupções de energia no Ramal Pau Rosa acontecem constantemente. Ele também foi atingido pela descarga durante a madrugada.

"Sempre a energia vai embora de madrugada e, quando chega, já chega com aquela potência. Eu me acordei com o barulho do transformador e, quando eu peguei no fio da geladeira de casa e também peguei choque, mas consegui sair. Quando saí, vi meu sobrinho desesperado com o que tinha acontecido", disse.

Equipes da Amazonas Energia foram ao local para restabelecer o fornecimento de eletricidade, após o ocorrido.

Fonte: G1 AM

Nenhum comentário