últimas

SAÚDE NO AMAZONAS: POLICLÍNICA GILBERTO MESTRINHO TERÁ PARQUE DE IMAGENS RENOVADO


Oferta de exames na unidade vai sair de 880 para 6.780 por mês, num crescimento de 670%

Como parte da reestruturação promovida pelo Programa “Saúde Amazonas”, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), vai aumentar em sete vezes a oferta de exames para a população na Policlínica Gilberto Mestrinho, localizada na área central de Manaus, com a renovação do parque de imagens da unidade. A renovação vai contar com um o investimento de aproximadamente R$ 1 milhão, fazendo com que a unidade passe dos atuais 880 exames mensais para 6.780, por mês.

A ampliação faz parte do projeto Saúde Agora, que está entre os pilares do “Saúde Amazonas”, lançado na segunda-feira (31/08) pelo governador Wilson Lima. A ação prevê também a redução das filas, que serão gerenciadas pela Central Única de Regulação e Atendimentos (Cura), com renovação do parque que está obsoleto e o aumento de vagas para exames.

A Policlínica, até o primeiro semestre do próximo ano, vai contar com equipamentos novos para exames de raio-X, eletrocardiograma, ultrassom, espirometria, endoscopia e teste ergométrico, dando suporte à rede com o apoio em diagnóstico por imagem, conforme adiantou a secretária executiva adjunta de Assistência Especializada da Capital da SES-AM, Márcia Murad.

“Estamos trabalhando para retornar a capacidade instalada da Policlínica Gilberto Mestrinho. Sem o investimento necessário, com o passar dos anos os equipamentos se tornaram obsoletos, muito apresentam defeitos, estão inservíveis. Com o Projeto Saúde Agora, o parque de imagens será renovado para apoiar toda a rede de diagnóstico do Estado”, disse.

O secretário executivo de Assistência Especializada da Capital, Thales Schincariol, destacou a reestruturação pela qual passa a rede de saúde do Estado. “Você criar uma estrutura nova, pensando em soluções definitivas para a Saúde do Estado, é sempre muito positivo. É um novo meio de entender e fazer rede de assistência no Estado”.

Fake news – Recentemente, devido a um boato, circulou em veículos de comunicação, redes sociais e aplicativos de mensagens a informação de que a Policlínica seria fechada, o que de acordo com Márcia Murad é totalmente inverídico.

“Estamos vivendo um novo momento na saúde, em que estamos ampliando a rede, não fechando portas”, ressaltou ela. 

Como parte do fortalecimento da rede, Márcia afirma que também está entre as propostas em análise o projeto para a incorporação do corpo técnico de saúde dos Bombeiros à equipe que já atua na unidade, aumentando o quadro de recursos humanos especializados.

FOTOS: Michell Mello/Secom

Nenhum comentário