últimas

EM MANAUS, ESTUDANTES DO ENSINO FUNDAMENTAL DA REDE ESTADUAL PASSAM POR AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM


Após o diagnóstico, a secretaria deve traçar estratégias para a recuperação de aprendizagem dos alunos 

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto iniciou, nesta quarta-feira (14), a segunda fase da aplicação da Avaliação de Verificação da Aprendizagem do Amazonas (Avam). Desta vez, a ação é voltada para os estudantes do Ensino Fundamental de Manaus, que voltaram às aulas presenciais no último dia 30 de setembro. Assim como no Ensino Médio, os testes visam medir o aprendizado dos estudantes durante o regime especial de aulas não presenciais e, a partir do diagnóstico, traçar estratégias de recuperação de aprendizagem dos alunos. 

Na Escola Estadual (EE) Benício Leão, na zona sul de Manaus, os estudantes recebem as orientações dos professores para, em seguida, começarem a Avaliação de Verificação, que não vale ponto e nem terá influência nas notas dos alunos.

A estudante Isabelly Cristiny, que está no 4º ano, afirma que espera um bom desempenho na avaliação. “Durante o período do ‘Aula em Casa’ eu me dediquei bastante e, com o auxílio da minha tia, acompanhei todas as atividades on-line, por isso acredito que me sairei bem na prova”, conta.  

A coordenadora de avaliação da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Jane Bete Nunes, diz que os resultados darão um parâmetro real do que precisa ser ajustado para que o ensino seja equiparado.  

“A Avaliação de Verificação é uma das ações projetadas para este retorno às aulas presenciais. Ela tem o único objetivo de ter um diagnóstico das lacunas de aprendizagem durante o período das atividades remotas e, com isso, traçar um planejamento de ações efetivas que vai contribuir para essa recuperação de aprendizagem”, afirma Nunes. 

A gestora da unidade escolar, Ádila Marta, afirma que a expectativa para ter acesso a esses resultados é muito grande. “Pra nós que estivemos durante todo o período da pandemia com as atividades do programa “Aula em Casa” é muito importante, pois podemos ter a oportunidade de avaliar o nível de aprendizagem dos alunos e montar o currículo para nos guiar daqui para frente no novo normal, ao qual estamos nos adaptando”, conclui.  

Retorno às atividades presenciais – Aproximadamente 111 mil alunos do Ensino Fundamental voltaram às salas de aula, no último dia 30 de setembro. O retorno às aulas presenciais da rede pública estadual de ensino acontece no sistema híbrido e permite a manutenção do calendário escolar de 2020, elaborado pela Secretaria de Estado de Educação e Desporto. 


Fotos: Divulgação/Seduc 

Nenhum comentário