Aconteceu!

ARGENTINA AUTORIZA ENTRADA DE BRASILEIRA PARA RESGATAR FILHO DESAPARECIDO

Imagem: arquivo pessoal

A Argentina concedeu uma autorização para que uma brasileira pudesse desembarcar em Buenos Aires e resgatar o filho, de 13 anos, que está no país desde os 9, quando viajou para passar as festas de fim de ano com o pai e não retornou ao Brasil. As informações são do UOL.

A fisioterapeuta pernambucana Cláudia Boudoux, de 44 anos, recebeu do consulado da Argentina no Recife uma “certidão especial” para que pudesse resgatar o filho, Carlos Attias Boudoux. Os dois estão sem contato desde 2015.

Ao UOL, a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Governo de Pernambuco explicou que o documento dá a Carla o direito de entrar no país, “visto que a Argentina passa por um momento de restrição sanitária devido à pandemia do novo coronavírus, e não está permitindo a entrada nem saída de turistas”.

Carla deve ir acompanhada de sua filha, Carolina Boudoux, irmã de Carlos, e de Eduardo Figueiredo, secretário-executivo de Justiça, que deve acompanhá-las. As passagens serão custeadas pelo Governo de Pernambuco e a estadia por conta da família.

Entenda o caso

Carlos Boudoux procurou por conta própria uma delegacia de Buenos Aires no último dia 18, informando que estava desaparecido.

Em fevereiro de 2019, Cláudia obteve uma decisão favorável para reavê-lo, após entrar na Justiça argentina. Mas o pai nunca devolveu o garoto, o que fez com que ele entrasse na lista nacional de desaparecidos do país.

Em 2020, o pai de Carlos foi preso por obstrução da Justiça e sequestro, mas o filho continuou desaparecido até então.

O fim das buscas por Carlos foi confirmado pelo Conselho dos Direitos de Meninos e Adolescentes de Buenos Aires no último dia 19.

Ainda não há informações sobre onde o garoto estava entre o período em que o pai foi preso e o dia em que ele mesmo se apresentou à polícia.




Nenhum comentário