Aconteceu!

ATAQUE É NO PULMÃO, NA INFESTAÇÃO DO VÍRUS, E MÉDICO ENSINA FORTALECIMENTO; VEJA VÍDEO


Ataque é no pulmão e lá é possível enfrentar o coronavírus, diz o especialista Jonathan Bayouk (foto)

O famoso método de combate à gripe LLL, Leite, Leito e Lenço, que significa alimento, descanso e limpeza, não vale para Covid-19. Andar, sentar e respirar, no lugar de deitar e descansar, é a fórmula mais eficaz. A informação é do médico imunologista e alergista em Massachusetts (MA), EUA, Jonathan L. Bayuk.

O médico fez um vídeo, com base na experiência do combate à pandemia, alertando para a importância do pulmão. É o órgão onde o coronavírus ataca e local do agravamento da Covid-19. “Podemos fazer muito (contra a doença), como lavar as mãos constantemente. Alguns terão sintomas leves, mas outros poderão agravar. Caso adoeçam, uma das coisas que podemos fazer, para prevenir que vá para os pulmões, é se mexer”, disse.

 

Praticar a respiração

Bayuk aconselha a “praticar a respiração” antes de adoecer. “A forma como os pulmões funcionam, está concentrada na parte de trás do corpo. Nada de deitar, esperando as coisas melhorarem. O vírus pode se alojar na parte de trás dos seus pulmões, fazendo com que eles fiquem mais fracos e comprometidos. Você precisa, se ficar doente, por mais difícil que seja, se mover, andar, sentar e respirar”.

O vídeo, com apenas dois minutos e 26 segundos, tem circulado o mundo.

“Existem diversas técnicas para isso (fortalecer os pulmões) e uma é bem simples: respirar profundamente e segurar a respiração por cinco segundos, várias vezes, ao longo do dia. Repita cinco vezes. Depois dê uma boa tossida, mas longe das pessoas, para não contaminá-las. Isso vai expandir o ar em seus pulmões. Porque a parte de baixo dos seus pulmões pode colapsar e, se o vírus ficar lá, pode causar mais inflamações e fazer a doença acelerar mais rapidamente”, diz o especialista.

O fortalecimento dos pulmões não precisa esperar pela doença. “Pratique agora, antes de ficar doente, para seus pulmões se acostumarem”.

Também não é tarde demais, quando a pessoa adoece. “Se precisar se deitar, está tudo bem, mas vire para um lado e para o outro e se sente. Fará uma enorme diferença, para você não precisar ir para o hospital e precisar de oxigênio”, ensina Bayuk.

O Amazonas registrou recorde de mortes e novos casos de Covid-19, nesta sexta (01/05). Isso mostra que, se é verdade que o pico da doença chegou, está longe de passar. “Não esqueçam de lavar as mãos e não tocar no rosto”, finaliza o médico norte-americano.

Veja o vídeo:



Portal Marcos Santos*

Nenhum comentário