Aconteceu!

COVID-19: AMAZONAS VAI USAR ZONAS ELEITORAIS PARA VACINAÇÃO

Foto: João Viana/Semcom

Um projeto-piloto para acelerar o Plano de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 em Manaus deve ser implantado pelo Ministério da Saúde. A estratégia é usar o mesmo modelo empregado nas eleições, por zonas eleitorais, para vacinar pessoas a partir dos 50 anos de idade. A mobilização terá apoio do Exército.

Segundo o projeto, as pessoas devem procurar seu local de votação para tomar a vacina, descentralizando a campanha das unidades básicas de saúde. O início do plano está programado para o dia 22 deste mês de fevereiro.

O ministro Eduardo Pazuello, reafirmou, em Manaus, que enviará vacinas suficientes para acelerar o Plano Nacional de Vacinação. A vacinação começará imediatamente após a liberação do lote que deverá ser entregue ao Ministério da Saúde.

Segundo Pazuello, só há uma maneira de frear a pandemia no Amazonas e evitar que chegue aos mesmos níveis nos demais estados.

“Temos que fazer a vacinação em massa e, nesse primeiro momento, vamos vacinar as pessoas a partir de 50 anos de idade. Vamos antecipar as vacinas para o Amazonas, sem tirar nada dos outros estados”, explicou.

A proposta do uso de zonas eleitorais já havia sido defendida em Manaus na semana passada.

Na quinta-feira, 11, o deputado estadual Fausto Jr (MDB) sugeriu o uso da estrutura de votação nas eleições. “Temos um cadastro que já existe nas zonas eleitorais. Vamos tirar um sábado e domingo e chamar as pessoas para serem vacinadas nas escolas”, disse. “É uma questão de logística e organização”, acrescentou. 

Nenhum comentário