Aconteceu!

SEGUNDO DIA DE ENEM DIGITAL ACONTECE NESTE DOMINGO (07)


Enem digital/ DIVULGAÇÃO/INEP

Gabarito oficial será divulgado no dia 10 de fevereiro. Primeiro dia de provas ocorreu no dia 31 de janeiro, com 68% de abstenção.


O segundo dia de provas do Enem Digital acontece neste domingo (7), com uma prova que vai abordar itens de ciências da natureza e suas tecnologias e de matemática e suas tecnologias.

O gabarito oficial será divulgado no dia 10 de fevereiro.

Primeiro dia

No primeiro dia de aplicação da versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, neste domingo (31), os candidatos responderam a perguntas das provas de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas. Entre os temas abordados estiveram questões sobre o abuso do álcool, desperdício de recursos naturais do meio ambiente e a crise envolvendo Rússia e Ucrânia.

O exame foi feito em 104 cidades. As provas foram encerradas às 19h (horário de Brasília), em todos os locais de aplicação.

Durante cinco horas e meia de aplicação, os participantes também fizeram uma redação, com o tema “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil”. Mesmo na versão digital do exame, a redação foi escrita à mão, com caneta de tinta preta, no mesmo formato da versão impressa.

As notas poderão ser usadas para concorrer a vagas no ensino superior e participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Versão impressa

A versão impressa do Enem 2020 foi aplicada nos dias 17 e 24 de janeiro. Cerca de 2,5 milhões de estudantes fizeram as provas. O exame, tanto o impresso quanto o digital, foi suspenso no estado do Amazonas e o impresso foi suspenso em Rolim de Moura (RO) e em Espigão D'Oeste (RO) devido aos impactos da pandemia nessas localidades. Esses estudantes poderão fazer as provas também na reaplicação. Segundo o Ministério da Educação, foram cerca de 20 ações judiciais, em todo o país, contrárias à realização do exame.

Abstenção

O primeiro dia de Enem Digital registrou abstenção de 68,1% dos 93 mil candidatos inscritos. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ao todo, 29.703 candidatos fizeram as provas.

O presidente do Inep, Alexandre Lopes, atribui as faltas principalmente à pandemia do novo coronavírus. “O índice de abstenção continua alto, como também teve no Enem impresso. A gente entende que isso é muito em função da pandemia. Alguns locais estão em lockdown, as pessoas não saíram de suas casas para fazer as provas”, diz.

O Enem impresso, finalizado no último domingo (24), teve abstenção recorde na história do exame. Mais da metade dos candidatos não compareceu.

Atrasos na aplicação

No primeiro domingo de provas, participantes relataram atrasos no início da aplicação das provas por problemas técnicos ou mesmo impedimento na realização do exame.

De acordo com o diretor de Tecnologia e Disseminação de Informações Educacionais do Inep, Camilo Mussi, isso ocorreu por problemas de um dos servidores na transmissão das provas para os computadores. Os exames foram enviados pela internet, pelas máquinas antecipadamente cadastradas para o Enem.

A transmissão atrasou, de acordo com o diretor, até 1h30. “Gostaríamos que todos tivessem começado as provas às 13h30. Não foi possível. Alguns participantes, pelo tempo, foram embora e terão direito à reaplicação”, diz. 

Versão digital

Esta foi a primeira vez que o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) ofereceu o exame no formato digital. Ao todo, 96.086 pessoas optaram pela participação na aplicação-piloto, cuja oferta era de 101.100 vagas.

Com o adiamento das provas em Manaus (AM) e no IFAP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá), em Macapá (AP), o Inep ofertou a prova para 93.079 participantes. Os 2.896 inscritos do Amazonas e os 111 participantes do local de aplicação da capital amapaense irão participar da reaplicação do Enem, em 23 e 24 de fevereiro.

Os inscritos no Enem 2020 Digital que tiveram o exame adiado foram comunicados da alteração por e-mail e pela Página do Participante. Eles não precisarão solicitar a reaplicação no sistema, visto que já estão confirmados na reaplicação.

O novo local será informado posteriormente, também pela Página do Participante, assim como para os inscritos no Enem 2020 do Amazonas (impresso e digital) e dos municípios de Espigão D’Oeste e Rolim de Moura (impresso), em Rondônia, que não tiveram as provas aplicadas em função da pandemia de COVID-19.

Problemas de logística

O participante afetado por problemas logísticos durante a prova poderá solicitar a reaplicação do exame entre 8 e 12 de fevereiro. Os casos serão julgados, individualmente, pelo Inep. São considerados problemas logísticos, que dão direito à reaplicação, fatores supervenientes, peculiares, eventuais ou de força maior: desastres naturais, falta de energia elétrica, falha no dispositivo eletrônico fornecido ao participante ou erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador que incorra em comprovado prejuízo ao participante.

Casos de covid-19

Quem teve sintomas ou diagnóstico de covid-19 às vésperas da aplicação e puder comprovar a situação com resultados de exames ou laudo médico também pode solicitar a reaplicação nessa data. Já quem tiver sintomas ou diagnóstico na semana anterior à segunda prova, agendada para 7 de fevereiro, deve comunicar o Inep, por meio da Página do Participante, entre 1º e 6 de fevereiro, até 12h. A regra vale para as doenças infectocontagiosas previstas em edital.

Fonte: R7

Nenhum comentário