Aconteceu!

UAU! RENATA LONGARAY VAI CONQUISTAR SEU CORAÇÃO. CONFIRA FOTOS E ENTREVISTA COM A GATA


A gaúcha Renata Longaray chegou tímida para as fotos e também começou o nosso papo acanhada. No ensaio, diz ter se soltado aos poucos, e entre uma risada e outra, mostrou toda a personalidade. "Fazer o ensaio foi libertador. Ali era a Renata se redescobrindo e se reinventando"


Você está na televisão e tem conquistado fãs como repórter do Faustão. Mas aqui é uma outra Renata Longaray. Como foi fazer esse ensaio?

Foi maravilhoso. No começo estava um pouco tímida, ainda tenho aquela coisa de jornalismo, venho da bancada de um telejornal. Até o entretenimento e o palco do Faustão são um mundo novo. O ensaio, então… Mas gostei bastante. Pensei em mim mesma e aquela coisa de "hoje vou ser diferente", e acho que rolou


Diferente como?

Ah, essa coisa mais sensual. Acho que é aquela coisa da mulher, do despertar. Queria ver como eu iria me sentir. Até fiz um ensaio um tempo atrás, quando era modelo, mas era muito menina. Agora é uma outra fase da minha vida, um outro momento.

 

Quem era aquela menina e quem é a Renata agora?


A menina era mais despreocupada com a vida, com a carreira. Não sabia ainda o que ia fazer, estava começando nos estudos. Hoje é uma Renata que já pensa mais sobre quais caminhos seguir, mais cuidadosa


Falando em carreira e profissão, você é modelo, fez administração, é radialista e estuda jornalismo também. Só isso ou esqueci de algo?


Não esqueceu de quase nada... (risadas). No Sul eu fiz administração e quando trabalhava em banco, surgiu a proposta para vir para São Paulo com a minha antiga agência de modelo. Vim, fiz o curso de radialista e comecei no jornalismo. Entrei na Band e fiquei quase dois anos apresentando um jonral na bancada. Aí surgiu a proposta da Globo para eu ir trabalhar com o Faustão. Foi tudo muito uou!


Você está todo domingo na TV e pelo que vi, recebe muitos elogios nas redes sociais. E muitos desses elogios vêm de mulheres.


É verdade. Os comentários são tão leves, de pessoas me desejando coisas boas. Aproveito e converso bastante com as meninas nas redes sociais também. Gosto de ter esse contato direto, acho que isso cria um vínculo. 


E o que esse público vai achar de você nesse ensaio?


Aí meu Deus, que medo! Acho que vão gostar, vão elogiar. Ahhh, não sei, tô muito ansiosa!!! 


Você sempre foi esse tipo mulherão deste ensaio?


Que nada. Eu sempre fui um menininho. Joguei futebol, taco. Sou a neta mais velha e todos os meus primos que são mais parelhos de idade são homens. Meus pais trabalhavam e eu ficava muito na casa da minha avó e era menininho mesmo. Na adolescência que fui mudando


 

 

 


 


 

Renata Longaray (Foto: Reprodução/Instagram)


 

 

 

 

 

 

 


*Model / iG

Nenhum comentário