Aconteceu!

CÂMERAS FLAGRAM ÚLTIMOS MOMENTOS DE RADIALISTA NO DIA DO CRIME. VEJA OS VÍDEOS


Investigadores da Polícia Civil do Distrito Federal analisam as imagens registradas por câmeras do circuito interno de segurança instalado no prédio onde morava a radialista Evelyne Ogawa, 38 anos. Apesar de Vinícius Fernando Silva Camargo, 31, ser assassino confesso, as imagens são importantes para definir a ordem cronológica dos fatos.

As câmeras flagram a movimentação do criminoso entrando e saindo do condomínio antes e depois de ter enforcado a radialista com um fio, dentro do apartamento onde ela morava. As primeiras imagens do casal, às 22h20 de sexta-feira (26/3), mostram os dois no elevador.

O casal parece estar conversando tranquilamente. Evelyne aperta o botão para subirem até o andar onde moravam e, durante a espera, Vinícius aparece gesticulando.


O assassino também teve imagens registradas às 23h37 de sexta-feira. Ele parece entrando sozinho no condomínio e chega a acenar para porteiro.

Pouco tempo depois, Vinícius pega o elevador e desce no quatro andar, onde morava a radialista.

Horas, depois, por volta das 3h de sábado (27), ele entra novamente no elevador e desce até o térreo. Com o dia claro, já de manhã, o feminicida retorna ao prédio, às 7h47. Novamente entra no imóvel, onde estava o corpo da vítima, pega uma sacola azul contendo alguns objetos e novamente deixa o prédio sem alarde.

Já no final do dia, na companhia de um advogado, o criminoso se apresentou espontaneamente na 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia Norte) e confessou o feminícidio.

*Metropoles

Nenhum comentário